Programação
02/10/2018, 23:35

Canal E! estreia "Beleza GG", série original brasileira

O Canal E! anuncia a nova série original brasileira "Beleza GG". Em dez episódios do reality documental, o programa mergulha na vida e rotina de três das principais modelos plus size do Brasil. Cada uma delas vive um momento completamente diferente da carreira. A produção estreia no dia 3 de outubro, às 21h.

A série, produzida pela Manjubinha Filmes em parceria com o canal, mostra de perto a realidade do mercado plus size na moda e leva ao público acesso aos bastidores das modelos, contando como lidam com a vida pessoal, rotina de trabalho, preconceito e desafios para alcançar seus objetivos.

Durante a temporada, Fluvia batalha para aumentar seu reconhecimento no Brasil e também fazer o mercado plus size ser levado a sério em seu próprio país. Depois do sucesso nos Estados Unidos e na Europa, o reality traz os bastidores da primeira participação da musa no SPFW. A saga de Mayara Russi durante os episódios conta as dificuldades para conseguir um contrato com uma agência internacional e aumentar sua relevância como modelo, ao mesmo tempo em que luta com o fato de usar manequim 50, considerado fora do padrão para o mercado em que atua. Já Denise Gimenez, participante que estreou o segmento no País e é duas vezes vencedora do Miss Brasil Plus Size, lida com uma significativa perda de peso, sente que sua carreira está em declínio e tenta se reinventar aos 37 anos.

Comentários

1 Comentário

  1. marcia rachel luz ferreira silva disse:

    fiquei decepcionada com o programa, sou uma pessoa obesa, peso 87kg em 1,65m, sinto dificuldade em comprar roupas que me caiam bem e não me deixem com uma aparência senhoril e nem parecendo um saca amarrado na cintura, fiquei entusiasmada quando vi as chamadas para o programa, achando que seria uma programa que me daria dicas de roupas que ficam legais nas pessoas acima do peso. Mas o que assistir foi pessoas metidas a pop star se achando, com uma arrogância de dá nojo, as 3 se achavam, foi decepcionante, infelizmente. Ninguém quer saber da vida pessoal delas, queremos dicas. Sempre fui escrava de regimes, com dificuldades de encontrar roupas legais e achei que teria essa ajuda. Tenho 62 anos e não estou morta. Aguardo que essas dicas com a evolução do programa venham aparecer. Desculpe-me se fui rude, e agradeço aa tenção.

Deixe o seu comentário!

© 1996-2018 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top