04/11/1998, 23:00

Brasil e Argentina: mudança de câmbio conjunta?

POR REDAÇÃO

Fontes do mercado garantem que o deputado Delfim Netto tem repetido que o Brasil fará uma desvalorização mais forte do real para, em seguida, adotar o câmbio fixo. O problema, diz ele, é a Argentina, que hoje depende do Brasil para a realização de mais de 30% de suas exportações (90% das de veículos). Os dois países teriam que tomar a iniciativa conjuntamente. Ele diz ter notícias de conversas entre técnicos brasileiros e argentinos sobre o assunto. É preciso dizer, porém, que as autoridades do Brasil continuam apostando na manutenção da atual política cambial.

Comentários

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

© 1996-2018 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top