Internacional
05/10/2018, 23:29

Parlamento Europeu determina que 30% do catálogo de serviços VOD sejam de produções do continente

POR REDAÇÃO

Nesta semana, o Parlamento Europeu determinou novas regras para os serviços de streaming do continente. A proposta, que determina que 30% do catálogo de serviços como a Netflix seja de produções locais, ainda aguarda aprovação do Conselho de Ministros e, se aprovada, dará para as empresas dois anos para se adequarem.

A nova legislação, que recairá também em outras plataformas, como YouTube e Facebook, foi estabelecida, segundo o texto, para promover diversidade cultural. Além disso, ela fala também sobre medidas para evitar que crianças sejam expostas à violência através de mecanismos que identifiquem com facilidade um conteúdo adulto. Por fim, aborda ainda limites de publicidade, restringindo um teto de 20% para anúncios nas transmissões diárias entre às seis da manhã e meia-noite.

Comentários

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

© 1996-2018 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top