ESTREIA
05/11/2018, 19:31

Desafio de nova série original do Discovery é extrair confissões reais de prestigiados médicos brasileiros

Nesta quarta-feira, dia 07 de novembro, o Discovery estreia sua nova série original em coprodução com a Boutique Filmes. "Confissões Médicas" vai ao ar a partir das 20h30 e conta histórias reais dos principais médicos brasileiros em formato de docudrama. "Esse modelo já funciona no Discovery, então quando pensamos em uma série médica já tínhamos em mente que seria assim.", conta, com exclusividade, Adriana Cechetti, diretora de produção do canal.

Para Gustavo Mello, produtor da Boutique, o desafio do projeto é conseguir acessar por meio das conversas com os médicos como foram os momentos narrados no programa. "Após fazermos as pesquisas, entrevistarmos os médicos e escolhermos as histórias, a principal missão foi entender os detalhes tanto do ponto de vista técnico, para reproduzirmos os casos exatamente como eles aconteceram, quanto do lado emocional, para compreendermos as questões relacionadas aos dilemas e inseguranças, com os médicos revelando seu lado humano.", afirmou. O processo de escolha dos médicos que teriam suas histórias contadas pelo seriado durou aproximadamente três meses – nesse período, as equipes do canal e da produtora selecionaram cerca de 100 nomes e, dentro desse grupo, ouviram diversas histórias. "Os critérios para a escolha final foram muitos. Precisávamos de médicos que falassem bem, transmitissem emoção e estivessem dispostos a confessar detalhes pessoais. E as histórias precisavam ter ação para serem encenadas, claro.", disse Adriana. Gustavo acrescenta que alguns dos atores pediram para conhecer os médicos pessoalmente para trabalhar melhor em sua interpretação.

Por trabalharem diretamente com casos reais, tanto a diretora quanto o produtor disseram que sentiram tocados por eles. "O que mais me impressionou foi como cada médico trazia um aspecto de superação e coragem, fazendo com que a gente passasse a ver a medicina de um jeito diferente. Entendemos que não é só um trabalho técnico. Envolve se redescobrir, tomar decisões e liderar equipes. Eles querem a todo custo salvar a vida dos pacientes.", fala Gustavo. Adriana revela ainda que, da parte da Discovery, o trabalho foi tocante também por outro motivo. Gabriela Varallo, supervisora da obra, lutava pessoalmente contra um câncer e, infelizmente, faleceu ao longo do processo. "Havia essa situação difícil também nos bastidores e, para nós, foi muito emocionante.", confessou.

Diante de um universo de séries que já possui alguns títulos com a temática médica, a equipe acredita que esta se diferencie pelo aspecto realista. "Abraçamos o conceito da ficção e acredito que esse seja o ponto forte da série. Entregamos isso nas histórias, nas atuações e no formato e, dessa forma, mostramos para audiência algo que ela nunca viu.", pontua Gustavo. "Séries médicas são normalmente ficcionais e, quando são documentais, costumam ficar na área da emergência. Nosso diferencial é que nos aprofundamos na personalidade dos médicos. Ao longo dos episódios, você já sabe o que esperar de cada um.", completa Adriana.

Por fim, a diretora do Discovery conta que todos os canais do grupo têm essa preocupação de investir em conteúdo original nacional. Atualmente, eles produzem mais de 200 horas locais por ano. "E nessa série ainda temos esse toque regional, isto é, personagens brasileiros reais que geram identificação com o público.", declara. Sobre uma possível segunda temporada, Adriana adianta: "Não temos nada definido, mas obviamente toda a equipe quer muito que aconteça.".

Comentários

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

© 1996-2018 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top