10/12/1997, 21:15

Chuva de ações contra os editais III

POR REDAÇÃO

O Cabo Brasil pede em sua ação a suspensão da entrega das propostas. Para tanto, argumenta com a necessidade da retificação dos itens referentes à restrição à propriedade cruzada (sustenta que a restrição fora da localidade em disputa é ilegal), solicita também que os serviços de paging, trunking e DTH passem a ser descontados na restrição à propriedade cruzada em âmbito local e questionam ainda a legalidade da não-exigência de capital nacional para a disputa do MMDS. Os argumentos do Cabo Brasil são considerados bastante fortes, segundo especialistas ouvidos por PAY-TV Real Time News. O deadline do consórcio para a entrada da ação na Justiça era esta quarta. Assim há tempo necessário para a respostas da Justiça, de modo que a entrega da das propostas não aconteça na sexta, dia 12, como está marcado.

Comentários

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

© 1996-2018 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top