PAY TV
13/12/2018, 17:47

Receita Federal e ABTA atingem marca de 100 mil decodificadores piratas destruídos

POR REDAÇÃO

Nesta semana, a Receita Federal de Foz do Iguaçu bateu a marca de 100 mil decodificadores piratas de TV por Assinatura destruídos – os números são contabilizados desde 2017. Para enfatizar o marco e ressaltar a importância do combate à pirataria no setor, nesta quinta-feira, 13 de dezembro, a ABTA, junto de representantes do órgão, realizaram um ato oficial de inutilização dos produtos clandestinos apreendidos.

Desde 2015, a Associação Brasileira de Televisão por Assinatura mantém acordo de cooperação com a Receita Federal para que, juntas, elas intensifiquem a apreensão e destruição dos decodificadores ilegais, especialmente nas principais rotas de entrada de tais produtos no Brasil. No primeiro ano da parceria, já foram destruídos 30 mil equipamentos piratas e, ao longo de 2017 e 2018, esse número subiu para uma média de 50 mil ao ano.

Em números gerais, a ABTA estima que a pirataria no setor implique em uma perda de 4 bilhões de reais por ano no Brasil, dos quais 550 milhões por conta de impostos que deixam de ser arrecadados. Se todos os usuários clandestinos fossem regularizados, as operadoras de TV por assinatura teriam de contratar 18,4 mil colaboradores – levando em conta a atual relação de empregados por assinantes.

Comentários

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

© 1996-2019 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top