Desenvolvimento
15/09/2016, 16:06

BrLab anuncia seleção de projetos para 2016

O BrLab, laboratório de desenvolvimento de projetos audiovisuais, desenvolvido pela Klaxon Cultura Audiovisual e realizado em parceria com a Spcine e com a Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo, anunciou a lista de projetos selecionados para sua sexta edição, que acontece entre os dias 21 e 28 de outubro de 2016, no período de realização da 40ª Mostra Internacional de Cinema em São Paulo, evento que apoia institucionalmente o laboratório desde 2013 juntamente com a Ancine.

A comissão de avaliação e seleção foi formada por Ana Alice de Moraes (produtora, RJ), Davi Pretto (cineasta, RS), Fernanda De Capua (produtora e roteirista, SP), Flavia Candida (curadora, RJ), Francine Barbosa (roteirista e educadora, SP), Ivan Melo (produtor, SP), Márcio Miranda Perez (cineasta e curador, SP), Mauricio Kinoshita (produtor e programador, SP), Sandro Fiorin (agente de vendas, EUA/Brasil) e Rafael Sampaio (produtor e diretor do BrLab). Foram recebidas 323 inscrições no total, sendo 191 projetos brasileiros e 132 projetos estrangeiros de diferentes países da América Latina e Península Ibérica.

A comissão de seleção e a direção do BrLab decidiram selecionar sete projetos brasileiros e sete estrangeiros, com base em diferentes critérios.

Brasileiros selecionados:

– "Adeus, Alma Selvagem" (dir. Nathalia Tereza, prod. Andy Malafaia e Mayra Lucas / Glaz Entretenimento, SP)
– "Corte Real" (dir. Julia de Simone, prod. Luana Melgaço / Anavilhana, MG)
– "Livramento" (dir. Lillah Halla, prod. Clarissa Guarilha / Arissas Multimídia, RJ/SP)
– "O Olho da Terra" (dir. Miguel Antunes Ramos, prod. Matias Mariani / Primo Filmes, SP)
– "Sábado Morto" (dir. Leo Lacca, prod. Kika Latache / Trincheira Filmes, PE)
– "Susan Carne Osso" (dir. Lia Kulakauskas,prod. Paulo Serpa / Meus Russos Produções, SP)
– "Vento Seco" (dir. Daniel Nolasco, prod. Thiago Yamachita / Estudio Giz, RJ)

Estrangeiros selecionados:

– "Akita" (dir. Francisco Varone, prod. Gema Juánez Allen / Gema Films, Argentina)
– "Hatarik" (dir. Diego Coral, prod. Patricia Yallico / Ecuador)
– "Helena" (dir. Camila Luna Toledo, prod. Rebeca Gutiérrez Campos, Pinda Producciones, Chile)
– "Nosotros" (dir. Joaquín Ruano, prod. Pamela Guinea / Cine Murciélago, Mexico – Guatemala)
– "Perro Negro" (dir. George Walker Torres, prod. Marianela Illas / Cine Cercano – Venezuela, Grafo Audiovisual – Brasil e JBA Production – França)
– "Teia" (dir. Leonor Noivo, prod. João Matos / Terratreme Filmes, Portugal)

Também integra o grupo de estrangeiros o projeto "Ave y Nada", de José Antonio Cordero, produzido por Alejandra Sánchez (Pepa Films, México), selecionado e anunciado como prêmio na última edição do Cinéma en Développement em Toulouse, em março de 2016.

Nesta edição, o BrLab apresenta oficinas de roteiro, produção, realização e distribuição com consultores renomados no mercado brasileiro e internacional, além de palestras, masterclasses e estudos de casos abertos ao público em parceria com o Centro de Pesquisa e Formação do Sesc São Paulo e com o Instituto Cervantes. Além das oficinas, duas empresas distribuidoras – a FiGa Films e a Vitrine Filmes – concederão prêmios aquisição para projetos escolhidos por representantes presentes no evento. Os projetos participantes também concorrerão a outros prêmios, que serão ainda anunciados, além de que, como nos anos anteriores, um dos projetos do BrLab será selecionado para participar do Cinéma en Devéloppement do Festival Cinélatino de Toulouse em 2017.

Comentários

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

© 1996-2017 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top