CINEMA
16/01/2019, 16:11

Canal Brasil fecha 2018 com dez coproduções exibidas em festivais internacionais

POR REDAÇÃO

O Canal Brasil ultrapassou em 2018 a marca de 300 longas produzidos ou coproduzidos – dentro deste número, ele conquistou ainda um feito inédito, tendo dez filmes selecionados e exibidos nos principais festivais internacionais de cinema do mundo, como Berlim, Cannes, Sundance e Veneza. Os títulos são: "Bixa Travesty", "Aeroporto Central", "O Processo", "Unicórnio", "Los Silencios", "Ferrugem", "Benzinho", "Deslembro", "Domingo" e "Humberto Mauro".

Desta lista, quatro foram para o 68º Festival Internacional de Cinema de Berlim, que aconteceu entre os dias 15 e 25 de fevereiro – "Bixa Travesty", de Kiko Goifman e Cláudia Priscilla, premiado com o Teddy de Melhor Documentário; "Aeroporto Central" (Zentralflughafen THF), de Karim Aïnouz, que ganhou o Prêmio da Anistia Internacional; "O Processo", de Maria Augusta Ramos, terceiro lugar no prêmio do público na categoria documentário na mostra Panorama; e "Unicórnio", de Eduardo Nunes, exibido na mostra Geração.

Já no 71º Festival de Cannes, em maio, "Los Silencios", de Beatriz Seigner, foi apresentado na Quinzena dos Realizadores. No Festival de Cinema de Sundance de 2018, que aconteceu de 18 a 28 de janeiro, duas coproduções concorreram ao prêmio de Melhor Longa-Metragem de Ficção Internacional: "Ferrugem", de Aly Muritiba, e "Benzinho", de Gustavo Pizzi. Por fim, no 75º Festival Internacional de Cinema de Veneza, realizado de 29 de agosto a 8 de setembro, foram exibidos três filmes: "Deslembro", de Flávia Castro; "Domingo", de Clara Linhart e Fellipe Barbosa; e o documentário "Humberto Mauro", de André Di Mauro.

Em nota, Henry Galsky, coordenador de projetos e conteúdo do canal, relata: "A representatividade de atuação e os resultados obtidos pelo canal ocorrem graças ao amplo conhecimento do mercado de distribuição e produção cinematográfica que construímos ao longo desses 20 anos. Neste momento em que celebramos dados tão relevantes, é importante também não esquecer das parcerias que consolidamos com outros players de peso, como Globo Filmes, Globonews e Telecine.".

Comentários

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

© 1996-2019 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top