FESTIVAL DE CANNES
18/04/2019, 16:21

Quatro longas brasileiros estão na lista dos selecionados para o Festival de Cannes

POR REDAÇÃO

Nesta quinta-feira, 18 de abril, foram anunciados oficialmente os filmes selecionados para a próxima edição do Festival de Cannes, que acontece em maio, na França. Quatro longas brasileiros figuram na lista – dois deles concorrendo à premiação da Palma de Ouro e outros dois sendo parte da seleção "Um Certo Olhar", voltada a obras experimentais e com diferentes tipos de linguagem.

Kléber Mendonça Filho, que já esteve em Cannes em 2016 com o filme "Aquarius", retorna ao Festival com o longa "Bacurau", co-dirigido por Juliano Dornelles, concorrendo à Palma de Ouro. A trama é descrita como uma mescla de faroeste, aventura e ficção científica e foi rodada na divisa entre a Paraíba e o Rio Grande do Norte. A atriz Sonia Braga, protagonista de "Aquarius", está no elenco.

Outro concorrente ao prêmio principal é "O Traidor", do italiano Marco Bellochio, no qual o Brasil é um dos produtores. A história gira em torno de um mafioso, Tommaso Buscetta, que se refugiou em solo brasileiro e delatou seus antigos comparsas da máfia siciliana. Caio e Fabiano Gullane são os responsáveis pela parte brasileira da produção, enquanto a atriz Maria Fernanda Cândido, também daqui, interpreta uma das principais personagens do longa.

Representantes nacionais na seleção chamada "Um Certo Olhar", estão duas obras do produtor Rodrigo Teixeira, de "Me Chame Pelo Seu Nome". São elas: "A Vida Invisível de Eurídice Gusmão", do cearense Karim Aïnouz, e "Port Authority", de Danielle Lessovitz, da Califórnia. A primeira traz a atriz Fernanda Montenegro no papel da personagem que dá o nome à trama – esta, que se passa na sociedade carioca dos anos 1950.

Ao todo, a mostra francesa deste ano escalou 47 longas, sendo 13 deles dirigidos por diretoras mulheres. Entre os destaques na competição pela Palma de Ouro, estão "Dolor y Gloria", de Pedro Almodóvar; "Matthias & Maxime", de Xavier Dolan; "A Hidden Life", de Terrence Malick; "Le Jeune Ahmed", de Jean-Pierre Dardenne e Luc Dardenne; "Sorry We Missed You", de Ken Loach; e "The Dead Don't Die", de Jim Jarmusch, que fará a abertura do Festival. O mexicano Alejandro Gonzélez-Iñárritu será o presidente do Júri responsável por escolher o grande vencedor da Palma de Ouro. Já o ator francês Alain Delon será o grande homenageado da mostra.

Comentários

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

© 1996-2019 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top