Novo governo
18/05/2016, 21:04

Temer promete aumento de verba para a Cultura

Em gravação distribuída à imprensa nesta quarta, 18, o presidente interino Michel Temer afirmou que aumentará as verbas destinadas à cultura. Segundo Temer, a junção de ministérios foi uma racionalização de trabalhos e atividades, "juntando duas pastas que, no passado, convenhamos, já eram conectadas". A junção, garantiu, não foi para reduzir a atividade cultural no Brasil. "Ao contrário, até haverá uma potencialização da cultura brasileira", disse Temer.

Segundo o presidente interino, há um débito com o Ministério da Cultura de um valor entre R$ 220 milhões e R$ 230 milhões. "Eu acabei de falar com o ministro Meireles (da Fazenda) para que nós possamos fazer o pagamento desses valores atrasados. Em segundo lugar, seguramente no orçamento do ano que vem vamos aumentar o valor destinado à Cultura, tamanha é a importância desse setor", disse.

"Não é o fato de ser ministério ou de não ser ministério que reduz a atividade da cultura no país", completou, afirmando que a Secretaria de Cultura do MEC não passará por redução de setores e que a Lei Rouanet continua com os mesmo atributos. "Vamos até incentivar a sua aplicação. Os recursos aumentarão e os débitos serão saldados", finalizou.

A extinção do Ministério da Cultura, com a sua incorporação à pasta da Educação, tem sido alvo de críticas do setor, levando à ocupação de órgãos federais por manifestantes em pelo menos dez capitais do país nos últimos dias. O presidente do Senado, Renan Calheiros, chegou a recomendar nesta quarta, 18, a recriação da pasta por meio de uma emenda à Medida Provisória que fez a reorganização ministerial. Também nesta quarta, após ouvir não de cinco convidadas para assumir a Secretaria de Cultura, o governo anunciou Marcelo Calero para a função.

Comentários

1 Comentário

  1. Valentim disse:

    Aumenta verba para Min Cultura dizendo que é de suma importancia e corta Bilhoes da Educaçao… Esse é um pais de merda mesmo… A Educaçao é de minima importancia nesse Pais…

Deixe o seu comentário!

© 1996-2017 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top