Streaming
18/05/2018, 21:08

Palmeiras cria seu OTT com a Mediastream, o TV Palmeiras Play

A Sociedade Esportiva Palmeiras e a Mediastream lançaram nesta sexta-feira, 18, o primeiro serviço de streaming do clube paulista, o TV Palmeiras Play. A solução possui conteúdo exclusivo e gratuito produzido pela TV Palmeiras pelo menos até o final de 2018. Na solução, os usuários poderão assistir a vídeo sob demanda e vídeos ao vivo em dispositivos mobile ou PCs através do site.

"Os jogos de futebol da TV não é nosso foco, isso continuará com Globo e Esporte Interativo (parceiro do clube a partir de 2019). Vamos disponibilizar os outros jogos do clube, treinos, amistosos e conteúdos fora da grade dos canais tradicionais", explicou Marco Lopes, CEO da Mediastream. "Conteúdos como coletivos, treinos, tomadas de vídeo com a torcida vão entrar na programação. No app (que será lançado em breve) você pode ver a programação e criar alertas para ver na hora. Sob demanda e ao vivo".

Vale frisar que o projeto foi desenvolvido em 60 dias, segundo Lopes.

Modelo de negócios

Inicialmente gratuito, o over-the-top (OTT) do Palmeiras está disponível para qualquer torcedor até o final de 2018. Contudo, a partir de 2019, a solução de vídeo será exclusiva para associados do programa de assinaturas (modalidade conhecida como "sócio-torcedor") do clube alviverde, o Avanti.

"A partir da virada do ano para 2019, os usuários cadastrados precisarão ser sócios do Avanti. Ao longo dos próximos meses, o torcedor poderá degustar da plataforma, ela vai ser desenvolvida progressivamente. Temos possibilidade de enriquecer o canal com Esporte Interativo (EI) e Globo. A ideia é cada vez mais levar uma experiência de forma organizada e simples", afirmou Roberto Trinas, CMO do Palmeiras.

Trinas explicou ainda que o serviço de streaming estimula o programa de assinatura do torcedor com o oferecimento de conteúdo digital para quem não têm a oportunidade de acompanhar o dia a dia e os jogos do clube, por estarem em outras cidades ou mesmo fora do País.

Estratégia de conteúdo

O CMO do clube paulistano explicou ainda que o modelo do TV Palmeiras Play é complementar ao seu canal no YouTube, que possui mais de 800 mil usuários, à parceria com a Beenoculos em transmissão de conteúdo em realidade virtual e às TVs (Globo e Esporte Interativo).

"O mais importante para o Palmeiras é ampliar os canais diretos de comunicação com os torcedores. Tem muito conteúdo que passa pelos bastidores. Queremos cada vez mais mostrar o conteúdo do dia a dia, amistosos, jogos da base, documentários, filmes, ações especiais. Queremos catalogar e disponibilizar em um canal do clube e ampliar o contato do torcedor com o clube", disse o CMO.

Trinas completa: "A gente valoriza muito as parcerias com Globo e EI. A estratégia da TV Palmeiras Play é complementar. Nós não podemos e não vamos canibalizar os produtos com os nossos parceiros. Todos os conteúdos do OTT são internos e exclusivos, são imagens que não aparecem na Globo e na EI, não são cobertas pela mídia, mas interessam ao torcedor."

Questionado sobre o modelo de negócios, o executivo do clube explicou que a ideia do streaming de vídeo é ter dois formatos de receita: assinaturas dos torcedores e publicidade nos vídeos, como acontece na TV Palmeiras com a Faculdade das Américas (FAM). No entanto, o investimento inicial da plataforma foi feito pela agremiação. Perguntado sobre os valores gastos pelo clube na plataforma de vídeo, o CMO disse que não pode revelar por ter acordo de confidencialidade entre as duas partes.

Futuro

Além do Palmeiras, Marco Lopes, da Mediastream, revelou que o próximo a clube a ter seu serviço de OTT é o Internacional, de Porto Alegre. O executivo da empresa de transmissão de vídeo explica ainda que está em conversa com outros clubes do Brasil, México, Argentina e Uruguai.

"O torcedor é muito interessado em tudo que acontece nos clubes. Daí surgiu esse conceito de distribuição de conteúdo próprio. O Palmeiras é o primeiro, mas já fechamos com o Internacional (InterPlay) ", afirmou o CEO da empresa de tecnologia em vídeo. "O uso de OTTs nos clubes é uma tendência interessante, pois, além de gerenciar melhor a distribuição de conteúdo, ela gera novas receitas com publicidade e assinaturas dentro do canal".

Vale lembrar que a Mediastream é a provedora do serviço de vídeo da Turner, atuando em parceria com Cartoon Network e Esporte Interativo. Inclusive, a parceria com o Palmeiras veio através de indicação do canal esportivo ao clube, revelou Trinas.

Comentários

1 Comentário

  1. Gilberto Carmo de Sousa disse:

    O verdão sempre inovando e facilitando a vida dos torcedores para de certa forma ficar mais perto do verdão

Deixe o seu comentário!

© 1996-2018 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top