22/03/1999, 20:48

TV Filme não está à venda, mas aceita parcerias

POR REDAÇÃO

A TV Filme não está à venda, garante Hermano Lins de Albuquerque. No entanto, o executivo diz que sua MSO está sempre aberta a parcerias estratégicas. Esta postura aberta a negociações não se deve à crise, diz Albuquerque, e sim a uma linha gerencial existente há vários anos.
Apesar de desmentir os boatos de que estaria em apuros financeiros, a operadora concorda que vive um momento muito ruim, e que os números divulgados no último balanço são preocupantes. Uma das medidas mais urgentes é tentar reverter o EBITDA negativo. Como em 99 não há expectativas de crescimento, a prioridade será a recuperação da saúde da base. Por enquanto, a empresa tem dinheiro em caixa, parte dele destinado à implantação de novas operações. "Temos uma dívida de US$ 140 milhões e pagamos cerca de US$ 20 milhões por ano em juros", explica Hermano Albuquerque. "Ainda assim, na situação atual é possível honrar os compromissos".

Comentários

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

© 1996-2019 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top