Internacional
25/06/2018, 22:53

Telefônica adquire (na Espanha) direitos bilionários do Campeonato Espanhol

A La Liga, que gerencia os direitos dos principais torneios da Espanha dos times de primeira e segunda divisão, anunciou nesta segunda, 25, ter vendido os quatro lotes disponíveis por um valor de 3,4 bilhões de euros para os direitos de 2019 a 2022 do Campeonato Espanhol. Os compradores foram a Telefónica (dois lotes) e a Mediapro (dois lotes). O valor alcançado, segundo a La Liga, foi 15% superior ao que havia sido atingido na venda dos direitos anteriores. Segundo a La Liga, existe ainda a expectativa de mais 4,5 bilhões de euros em direitos de transmissão internacionais para as próximas cinco temporadas.

A Telefónica confirmou, na Espanha, a transação, mas não indicou os valores pagos em sua nota oficial. Disse apenas que os valores foram 5% menores ao que vinha pagando (600 milhões de euros por temporada no ciclo 2016-2019) e que a empresa só aceitaria adquirir os direitos diretamente se encontrasse razoabilidade nos valores. Segundo a empresa, a outorga direta dos direitos à Telefônica permitirá à operadora desenhar com mais flexibilidade os pacotes aos seus assinantes Movistar.

No Brasil, a Lei 12.485/2011, que regula o mercado de TV por assinatura, proíbe expressamente que empresas de telecomunicações adquiram direitos de conteúdos esportivos. O assunto está sendo discutido agora no âmbito da Anatel por conta da fusão entre Time Warner e AT&T, já que a primeira é detentora de canais que operam no Brasil (entre eles, Esporte Interativo, CNN, TNT e Cartoon) e ao mesmo tempo controla a Sky, operadora de TV paga e, portanto, de telecomunicações.

Comentários

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

© 1996-2018 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top