01/09/1999, 22:20

Embratel estuda parceiros para área de satélites

POR REDAÇÃO

A Embratel está estudando propostas de empresas de atuação internacional que formarão com ela uma joint venture para a exploração dos satélites. Segundo fontes do setor de satélites, a negociação deve envolver a venda de 49% do segmento espacial da Embratel a uma operadora internacional. Mas não incluirá a venda das estações terrenas nem do direito de exploração das freqüências ou posições orbitais, pois, segundo as regras da Anatel, isto só poderá ocorrer cinco anos após a privatização. Com a joint venture, será formada uma nova empresa, que venderá capacidade para a própria Embratel e também para outras operadoras. As negociações estão ocorrendo em segredo. Segundo as mesmas fontes, devido ao próprio tamanho do negócio, todas as partes envolvidas assinaram acordos de confidencialidade. A assessoria de imprensa da Embratel nega a negociação e afirma que a empresa não deve promover alterações na sua estrutura de satélites.

Comentários

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

© 1996-2019 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top