01/09/1999, 22:20

Operadoras européias se interessam pela parceria

POR REDAÇÃO

Os interessados em uma associação com a Embratel na empresa que exploraria os satélites são operadoras de presença global, que aumentariam sua capacidade e a abrangência na América Latina. Neste caso, operadoras européias como a Matra (que comprou a francesa Arianespace) e a Alcatel (que já concorreu a uma posição orbital brasileira através da America Star) seriam as mais cotadas, uma vez que não têm grande capacidade na América Latina. Mas operadoras como a PanAmSat, a Telesat Canada, a NewSkies Satellites e a Lockheed Martin também são cotadas. Uma outra possibilidade, menos provável seria com a Intelsat, que tem limitações de atuação por ser um consórcio entre governos.

Comentários

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

© 1996-2019 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top