Operação
02/12/2013, 12:50

Net fecha outubro com base de 6 milhões em TV e 6,25 milhões em banda larga

POR FERNANDO LAUTERJUNG

A Net fechou o mês de outubro com 6 milhões de clientes de TV por assinatura. No final do terceiro trimestre, a empresa apresentou crescimento absoluto de 549 mil assinaturas em relação ao início do ano, volume aproximadamente três vezes superior ao do concorrente que ocupa a segunda posição no mercado.  "A nova regulamentação (a Lei do SeAC) abriu uma oportunidade de expansão do serviço de TV. Batemos recorde de investimentos em 2013, com R$ 3,5 bilhões", diz Marcio Carvalho, diretor de marketing da operadora, a este noticiário.

Em banda larga, a Net aumentou a liderança no terceiro trimestre, atingindo uma base de clientes de 6,254 milhões de conexões, na soma dos segmentos residencial e empresas. Segundo a operadora, o ritmo de crescimento em acesso à Internet obtido em 2013, medido pelas adições líquidas, é aproximadamente três vezes maior que o da segunda colocada.

Por fim, a operadora anuncia que o Net Fone segue como o que mais recebe números portados de outras operadoras.

Os números da Net são substancialmente diferentes daqueles registrados pela Anatel porquie a agência, segundo a operadora, não está ainda considerando os assinantes dos serviços em cidades cujas operações foram iniciadas este ano.

Serviço de Acesso Condicionado

Com a licença de SeAC, a operadora levou a oferta de TV a cabo em alta definição para capitais importantes do País, entre elas Salvador, Recife, Fortaleza, Natal, Belém, Rio Branco, São Luis e Teresina. Além disso, ampliou as redes também nas regiões metropolitanas de capitais onde já atuava, como São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Florianópolis, Curitiba e Belo Horizonte.

"Nos dois anos anteriores, tínhamos conseguido manter o market share. Esse ano estamos ganhando", comemora Carvalho. "Em algumas capitais importantes, estávamos apenas com banda larga e telefonia e agora passamos a oferecer também TV e Now".

Para os próximos anos, garante o diretor de marketing da Net, há ainda muito campo verde a ser explorado. "Temos um projeto para seguir investindo em 2014 no aumento da cobertura nas cidades onde entramos recentemente e também em novas praças", explica. Além disso, a operadora acredita que pode elevar o ticket médio de sua base. "Além de ampliar o serviço de TV onde só tínhamos banda larga e telefonia, há espaço para ampliar a oferta de produtos mais sofisticados em boa parte da base. Continuaremos investindo também na criação de novos produtos", diz Marcio Carvalho.

Comentários

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

© 1996-2019 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top