Produção internacional traz para o Brasil investimento de R$ 20 milhões em filmagens locais 

David Schurmann acaba de concluir as filmagens de "The Penguin & The Fisherman" ("O Pinguim e o Pescador"), tendo o Brasil como principal locação desta produção internacional. Com carreira impulsionada no exterior pelo filme "Pequeno Segredo" (representante brasileiro do Oscar em 2017), o cineasta foi convidado para dirigir essa obra 100% financiada pelo estúdio norte-americano City Hill Arts, de Los Angeles, que investiu R$ 20 milhões apenas nas filmagens no Brasil. A história – baseada em fatos reais – entre um pinguim e um pescador trouxe para Ubatuba e Paraty cerca de 40 profissionais de dez nacionalidades, incluindo o ator francês Jean Reno ("O Profissional", "Missão Impossível" e "Ronin"), a atriz mexicana nomeada ao Oscar Adriana Barraza ("Babel" e "Rambo: Até o Fim") e o inglês Anthony Dod Mantle, vencedor do Oscar e do BAFTA de Cinema, na categoria Melhor Fotografia, por seu trabalho em "Quem Quer Ser um Milionário?". 

Dentro deste cenário, equipe e elenco brasileiros atuaram em parceria com profissionais consagrados vindos da África do Sul, Alemanha, Argentina, Colômbia, Espanha, Estados Unidos, França, Inglaterra, México e Uruguai. "Foi uma das experiências mais desafiadoras da minha carreira até aqui. Mas tantos sotaques, costumes, culturas e estilos de trabalho diferentes dentro do mesmo set possibilitaram a mim – e, acredito a todos e todas da equipe – um intercâmbio profissional fascinante. E o resultado das filmagens está incrível", celebra David.

A produção da parte brasileira ficou a cargo do Ventre Studio e seus sócios Justine Otondo e João Queiroz Filho. No casting, o elenco brasileiro conta com nomes como Ravel Cabral ("Insânia" e "Turma da Mônica – Laços"), Wilson Rabelo ("Dom" e "Bacurau"), Thalma de Freitas ("O Xangô de Baker Street" e "Bufo & Spallanzani") e José Trassi ("Carcereiros; O Filme" e "Divaldo: O Mensageiro da Paz"). Entre os talentos latinos, estão ainda os argentinos Alexia Moyano ("Amor e Revolução" e "10 Palomas") e Nicolás Francella ("El Hombre de Tu Vida" e "Pequeña Victoria"). 

Nos bastidores, além de Anthony Dod Mantle, destaque também para a argentina Mercedes Alfonsín, premiada por "Dois Papas", "Farol das Orcas" e "O Filho da Noiva". Sob o comando de David Schurmann, a dupla forma uma parceria criativa na direção de Fotografia e Arte. 

Entre equipe principal, atores e figurantes, 500 brasileiros foram contratados diretamente. Indiretamente, estima-se que as filmagens tenham reunido aproximadamente 2 mil pessoas. Os resultados econômicos gerados pela produção internacional no país estão diretamente relacionados ao empenho do próprio David e do produtor João Roni, que desde a fase de pré-produção se desdobraram para que as locações e os profissionais envolvidos fossem majoritariamente brasileiros. 

Após sete semanas no país, 15 profissionais da equipe técnica embarcaram para a Patagônia, na Argentina, onde se uniram a mais 60 talentos locais em uma semana para filmagens de cenas complementares. Agora, o cineasta brasileiro se prepara para acompanhar a pós-produção que será realizada na Europa. Na Espanha, David trabalhará com a montadora de Pedro Almodóvar, Tereza Font ("Dor e Glória" e "Mães Paralelas"), e com os ganhadores de dois prêmios Goya, Ferran Piquer e Francisco Porras, liderando os efeitos especiais sob a responsabilidade do Dare Planet Studio.

As filmagens de "The Penguin & the Fisherman" envolvem os esforços de quatro produtoras, City Hill Arts (Estados Unidos), Ventre Studio (Brasil), Frontera Films (Argentina) e Sur Film (Espanha), além do apoio da nacional Schurmann Filmes. Os produtores do filme formam um time de profissionais de diversas nacionalidades: Jonathan Lim, Robin Jonas, Steven Wagner, Nicolas Veinberg, Andreas Wentz, Lila Rodrigues e João Roni.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui