Publicidade
Início Newsletter (Pay-TV) Canal Brasil apresenta “Quarta Sapatão”, nova faixa fixa com filmes sobre mulheres...

Canal Brasil apresenta “Quarta Sapatão”, nova faixa fixa com filmes sobre mulheres lésbicas

"Amor Maldito", de Adélia Sampaio (Foto: Divulgação)

A nova faixa fixa do Canal Brasil intitulada “Quarta Sapatão” entrará na grade no Mês do Orgulho LGBTQIAP+, com filmes brasileiros que têm como temática histórias e vivências de mulheres lésbicas. A partir do dia 5 de junho, o canal vai exibir um novo título toda primeira quarta-feira do mês, sempre às 22h. A novidade tem o propósito de provocar reflexão, dar visibilidade e normalizar as relações entre mulheres através de filmes representativos, dispostos a criar diálogos construtivos sobre questões fundamentais, impulsionando a conscientização e o respeito. A programação traz filmes como “Amor Maldito”, de Adélia Sampaio; “Uma Paciência Selvagem me Trouxe até Aqui”, de Érica Sarmet; e “A Primeira Morte de Joana”, de Cristiane Oliveira.

No primeiro dia da faixa, 5 de junho, serão exibidos em sequência o curta inédito “Aonde Vão os Pés”, de Débora Zanatta, e o longa “Amor Maldito”, de Adélia Sampaio. O primeiro, narrado pela personagem principal, conta uma história de autodescoberta como uma mulher lésbica. O curta foi selecionado para festivais como o 49º Festival de Cinema de Gramado e o 31º Festival Curta Cinema. Já “Amor Maldito” é o primeiro longa-metragem brasileiro dirigido por uma mulher negra, em 1984, e conta com Monique Lafond, Emiliano Queiroz e Neuza Amaral no elenco. O filme acompanha o relacionamento entre a executiva Fernanda e a ex-miss Sueli, que começa a ter problemas quando uma delas se envolve com um jornalista. 

Mostra temática 

Além da novidade da faixa, o canal exibe também a já tradicional programação especial pelo 28 de junho, quando é comemorado o Dia Internacional do Orgulho LGBTQIAP+. Nas sextas, sábados e domingos de junho, a partir do dia 7, sempre às 22h30, serão exibidos: “Inabitáveis”, de Anderson Bardot; “Madame Satã”, de Karim Aïnouz; “Valentina”, de Cássio Pereira dos Santos; “O Baile dos 41”, de David Pablos; “Os Primeiros Soldados”, de Rodrigo de Oliveira; “As Boas Maneiras”, de Juliana Rojas e Marco Dutra; “Praia do Futuro”, de Karim Aïnouz; “Greta”, de Armando Praça; “Hoje Eu Quero Voltar Sozinho”, de Daniel Ribeiro; e “Divinas Divas”, de Leandra Leal.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Sair da versão mobile