AUDIÊNCIA
05/05/2021, 19:52

Clube FM combina pesquisas offline e online para medir e auditar sua audiência

A Clube FM, que reúne emissoras de rádio em nove estados e o Distrito Federal e transmite sua programação musical popular para mais de 300 cidades brasileiras, contratou a Nextdial para auditar seu streaming e mensurar a audiência nos meios digitais para que pudessem verificar se as pesquisas de audiência realizadas por institutos batiam com a realidade. 

O grupo de emissoras acabou descobrindo que a sua audiência é maior do que se imaginava. Esta combinação na análise dos dados está sendo utilizada pela Clube FM visando garantir uma programação de acordo com os interesses de seu público e criar ações comerciais alinhadas com os interesses de seus ouvintes.

Clube FM já rastreava os números da sua presença no digital mas não sentia confiança nos números obtidos. Com isso, iniciou conversas com seu fornecedor de streaming em busca de métricas e ferramentas que lhes permitissem comparações confiáveis. Desde que adotou a plataforma Nextdial Intelligence, segundo Márcio Leal, Coordenador da Clube FM, a empresa passou a entender melhor sua audiência e, consequentemente, a ter uma visão apurada sobre a presença no digital.

A necessidade mercadológica fez com que a rede de emissoras auditasse seu streaming e iniciasse a coleta inteligente dos dados sobre a audiência digital. "Como a nossa programação é baseada em pesquisas, a auditoria de audiência proporcionada pela Nextdial passou a ser usada como um 'validador' dos números das pesquisas de audiência offline, independente do instituto, e ajudando a ajustar a grade ao que ou ouvinte deseja", afirma o executivo.

A ideia de se tornar uma grande rede com programação unificada nasceu a partir de 2019 do desejo de emissoras que queriam ter a mesma plástica e programação da  Clube Brasília, uma referência também pelos resultados de audiência e de investimento pelos anunciantes e grande aceitação dos ouvintes. A rede de hoje é formada por emissoras de FM com presença no mundo digital nos estados de São Paulo, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Pará Rondônia, Mato Grosso, Goiás, além do Distrito Federal.

As primeiras emissoras de rádio que participaram da Clube FM já possuíam presença online, com iniciativas digitais para a transmissão da programação pela Internet. A Clube, que sempre foi referência em transmissão multimídia, a partir de 2016 passou a investir em novas tecnologias para garantir no online a mesma qualidade do dial. "Temos o entendimento que se deve tratar a transmissão no digital da mesma forma do analógico no rádio, não pode parar e o som tem que ser o melhor", pontua Leal. 

"Poder saber que a audiência é maior do que se diziam as pesquisas é gratificante", comenta o coordenador. Este é o maior benefício em utilizar a plataforma da Nextdial. Com os dados fornecidos podemos saber onde o ouvinte está (local e dispositivo) o que permite melhorar os índices de monetização do digital", acrescenta.

Resultados 

Mais de um terço – 35% da audiência no site da Clube FM; 25% no mobile e 40% em outras fontes: agregadores (web e mobile), smart speakers e smart TV. Boa parte da audiência vem do site mobile e pelo aplicativo. Por ter uma programação popular e musical, a audiência é uniforme ao longo do dia. Não tem grandes saltos nem grandes quedas, segundo os dados fornecidos pela plataforma Nextdial Intelligence. 

A Clube FM vê o mobile como a grande tendência de crescimento para os negócios, e que deverá concentrar boa parte dos esforços da rede para o desenvolvimento de campanhas de monetização. 

A plataforma Nextel Intelligence deu a certeza à Coordenação da Clube FM que ela está "caminhando da maneira correta no digital", afirma Márcio Leal. "A gente necessitava de um parceiro que validasse o que estamos fazendo, com uma plataforma que fornecesse os dados de maneira eficiente. A nossa tranquilidade é saber que o nosso digital está entregue a uma empresa altamente capacitada para entregar o que foi contratado, isso é diferenciado. Estamos tranquilos com isso", finaliza o executivo.

Comentários

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

© 1996-2021 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top