Banda larga
05/11/2008, 15:36

Net testa velocidade de 60 Mbps e DOCSIS 3.0 no Rio

POR FERNANDO PAIVA

A Net lançou no bairro do Leblon, no Rio de Janeiro, uma oferta de acesso à internet banda larga com velocidade de até 60 Mbps e franquia de 200 Gb/mês de tráfego de dados. O serviço foi batizado de "5G". Todos os usuários da região que assinam atualmente o pacote "Net Combo HD Max" serão convidados a migrar para a nova velocidade sem aumento de preço. Hoje, esses assinantes têm velocidade de 12 Mbps, Net Fone e TV a cabo com acesso ao canal Globosat HD ao custo de R$ 399,90 por mês. Qualquer consumidor que more no Leblon e que queira a partir de agora assinar o pacote "Net Combo HD Max" poderá também participar do teste.
Para esse novo serviço, a Net está usando a tecnologia Docsis 3.0. A solução permite que no futuro sejam oferecidos pacotes com velocidades de até 300 Mbps. "Na Europa e nos EUA, o Docsis 3.0 ainda está engatinhando. Estamos na vanguarda", disse o diretor de produtos e serviços da Net, Marcio Carvalho. "Poucas operadoras de cabo no mundo oferecem essa velocidade. A Net agora faz parte de um seleto grupo", atesta o presidente da Cisco no Brasil, Pedro Ripper, que participou do evento de lançamento do serviço, a convite da Net.
Os modens e set top boxes usados para o serviço serão fornecidos pela Cisco. O set top box tem memória de 120 Gb para gravação.

Portal de HD

Para que os assinantes da Net possam perceber as vantagens dessa nova velocidade, a operadora criou um site na internet com vídeos em alta definição. "É a internet com cara de TV. Não há diferença em relação à transmissão em HD para as TVs", afirma Carvalho. O site poderá ser acessado apenas pelos assinantes do serviço e contará tanto com vídeos em HD que já foram exibidos na Net quanto com vídeos ainda inéditos, mas também de canais da Net, como o National Geographic.
O teste no Leblon deve durar aproximadamente seis meses. "Queremos entender como o cliente quer se relacionar com o conteúdo digital nessa nova velocidade", explica o diretor da operadora. Para Carvalho, além de vídeos em alta definição, essa velocidade de 30 Mbps, também chamada de "ultra banda larga", pode ser útil para assinantes que realizam várias tarefas simultaneamente no computador, como ver vídeos e baixar grandes arquivos. Depois desse período de teste, a empresa avaliará para que outras áreas levará o serviço e quanto irá cobrar por ele. A princípio, os demais pacotes de velocidades da Net continuarão os mesmos: 3, 6 e 12 Mbps.
As quatro primeiras gerações de tecnologia de transmissão de dados pela rede cabeada adotadas pela Net ao longo do tempo foram as seguintes: tecnologia S-CDMA da Terayon, com velocidade de até 256 kbps; Docsis 1.0, com velocidade de até 512 kbps; Docsis 1.1, com velocidades de 2, 4 e 8 Mbps; Docsis 2.0, com velocidades de 3, 6 e 12 Mbps.

VOD

Segundo Carvalho, a próxima inovação a ser feita pela Net será a oferta de vídeo sob demanda. O projeto ainda está sendo estudado e deve ser lançado em 2009.
Depois dos canais abertos e do Globosat HD, os próximos canais que a Net deve oferecer em alta definição devem ser, provavelmente, HBO e Telecine, no começo de 2009.

Comentários

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

© 1996-2019 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top