Publicidade
Início Newsletter (Pay-TV) Cade aprova a compra da DramaFever pela Warner Bros

Cade aprova a compra da DramaFever pela Warner Bros

Em rito sumário, o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou, sem restrições, a compra da empresa de distribuição de conteúdo online da Dragonfly pela Warner Bros, ambas dos Estados Unidos, mas que atuam no Brasil. A empresa adquirida atua, no País, no mercado de serviços de vídeo OTT (serviços over-the-top), mais especificamente em serviços online com base em assinatura, tais como o Netflix, mercado que em 2014 faturou R$ 450,5 milhões.

A Dragonfly atua com o serviço online “DramaFever”, empresa distribuidora online de conteúdo televisivo internacional que transmite, via streaming, filmes, documentários e programas de TV on demand. A Dragonfly é controlada pela SoftBank Group, controladora última de um grupo de sociedades (“Grupo SoftBank”), de origem japonesa, presente em diversos ramos da indústria da informação em todo o mundo, incluindo telecomunicações móveis, telecomunicações de linha fixa, serviços de internet e distribuição.

Na avaliação da Superintendência-Geral do órgão antitruste, considerando, sobretudo, a irrelevância da participação de mercado da empresa-alvo no Brasil, e a reduzida sobreposição horizontal decorrente da operação, não se vislumbram danos concorrenciais no País. “Acrescente-se que o Grupo Warner, ao atuar no mercado de produção e distribuição de conteúdo audiovisual, detém relações verticais com o mercado objeto da presente operação, ou seja, distribuição online de conteúdo audiovisual. No entanto, essa integração vertical gera impactos irrisórios no País, considerando a incipiência da empresa objeto no Brasil”, sustenta a SG no parecer. O valor da operação não foi divulgado.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Sair da versão mobile