EDITAL
07/12/2021, 21:33

Vencedores do Edital Documentários Transformam são anunciados

Foi anunciada a lista dos cinco vencedores do Edital Documentários Transformam, uma co-realização do DOCSP e da Fundação CSN em parceria com a Doc Society. Temas conectados com a realidade brasileira são o foco dos projetos que serão desenvolvidos com o apoio do Edital. Os vencedores passam por três processos formativos até maio de 2022. Agora em dezembro acontece o Lab de Impacto, e no do início do ano que vem, começa a segunda etapa com as mentorias para os desenhos das campanhas de impacto dos filmes. No final do programa, em 2022, haverá ainda um laboratório de Pitching preparatório para o Good Pitch Brasil, onde as campanhas de impacto serão apresentadas para potenciais parceiros nacionais e estrangeiros, entre fundações, filantropos, financiadores, patrocinadores, organizações sociais, canais de TV e plataformas de streaming, entre outros. 

Além do processo formativo, os selecionados concorrem a dois prêmios concedidos pelo programa Histórias que Ficam, da Fundação CSN. Ainda este ano é entregue o prêmio Work in Progress no valor de até R$ 100 mil. Em 2022, durante a realização do Good Pitch Brasil, acontece a entrega do prêmio Campanha de Impacto, no valor de R$ 108 mil. Todos os projetos concorrem aos dois prêmios de forma independente. 

Na edição de 2020, ao lado da Fundação CSN, o Good Pitch Brasil capacitou as equipes de quatro documentários. Na fase de pitching, os criadores tiveram a oportunidade de apresentar o projeto a 110 instituições e players do mercado. Os resultados obtidos de financiamento para projetos, com mais de R$ 640mil, e as conexões estabelecidas, demonstram as grandes possibilidades de colaboração que existem entre agentes de mudanças e filmes documentais. 

Projetos selecionados 

"A Queda do Céu" – Direção: Eryck Rocha e Gabriela da Cunha. Produção: Heloísa Jinzenji. O filme é baseado no livro escrito pelo xamã Davi Kopenawa Yanomami e pelo antropólogo Bruce Albert. Falado principalmente na língua Yanomami, o filme foca na terceira parte do livro, que coloca em debate aspectos do mundo indígena e não indígena, com uma reflexão contundente sobre o modelo de destruição dos povos e do planeta inventada pelo "povo da mercadoria", os brancos. 

"Assexybilidade" – Direção: Daniel de Castro Gonçalves. Produção: Roberto Berliner. É um documentário que conta histórias sobre a sexualidade de pessoas com deficiência. Através dos personagens e de suas histórias, o filme pretende desconstruir o estereótipo da pessoa com deficiência como um ser frágil, quebrável e, às vezes, até desprovido de sexualidade. 

"Minha Carne Sabe" – Direção: Simone Giovine e Zica Pires. Produção: Ana Bárbara Ramos. No filme, a expansão de uma estrada federal implementada pelo governo brasileiro ameaça o genocídio da comunidade afrodescendente do Quilombo Santa Rosa dos Pretos, no Maranhão. Zica, a jovem líder, volta a Guiné-Bissau para se reunir com seus ancestrais. O diálogo com seu passado revela o caminho para vencer as batalhas do presente. 

"Toda Noite Estarei Lá" – Direção: Tati Franklin e Suellen Vasconcelos. Produção: Thiago Moulin. No filme, após sofrer uma agressão física por transfobia na igreja evangélica que frequentava, Mel Rosário, de 56 anos, arca com as dores e os custos dos processos judiciais envolvendo o caso. Ela reivindica seus direitos protestando em frente da igreja que a proíbe de frequentar os cultos. Enquanto luta por Justiça, Mel encontra uma brecha para se reinventar em busca de melhorar de vida no Brasil atual. 

"Eu (também) não gozei" – Direção: Ana Carolina Marinho. Produção: Amanda Bortolo. No filme, Letícia descobre que está grávida, mas não sabe quem é o pai. São quatro possibilidades. Apesar de insegura e com medo, ela entra em contato com todos os possíveis pais. Cada um reage à sua maneira, mas todos alegam que o filho não pode ser deles porque eles não gozaram. Mas ela também não. A gravidez solitária provoca uma reviravolta. Quando a criança nasce, sua inquietação ganha forma: ela vai em busca de descobrir quem é o pai de seu filho. 

Comentários

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

© 1996-2021 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top