CINEMA
09/05/2019, 23:59

Olhar de Cinema anuncia os filmes das Mostras Competitivas

POR REDAÇÃO

Nesta quinta-feira, 9 de maio, foram divulgados os filmes das três Mostras Competitivas do 8º Olhar de Cinema – Festival Internacional de Curitiba. O anúncio foi feito pelo diretor geral e artístico do evento, Antônio Junior, e transmitido ao vivo via redes sociais.

A Mostra Competitiva de Longa e Curta-Metragem é composta por um conjunto de filmes ainda inéditos no Brasil – entre os critérios de seleção, foram considerados inventividade, abordagem de temas contemporâneos e potencial de comunicação com o publico. Entre os longas selecionados, estão "Casa" (Letícia Simões, Brasil, 2018); "De Novo Outra Vez" (Romina Paula, Argentina, 2018); e "Entre Duas Águas" (Isaki Lacuesta, Espanha, 2018). Já entre os curtas, figuram títulos como "Aqueles Que Desejam" (Elena López Riera, Espanha/Suíça, 2018); "Atalhos" (Daniela Delgado Viteri, Equador, 2019); e "Aziza" (Kaadan Soudade, Líbano/Síria, 2019).

Outra Mostra da programação, "Novos Olhares" reúne trabalhos que exploram e tentam expandir os limites dos gêneros cinematográficos. Entre os filmes dessa seleção, estão "A Noite Amarela" (Ramon Porto Mota, Brasil, 2019); "Domínios" (Natsuka Kusano, Japão, 2018); e "A Cidade Escondida" (Victor Moreno, Espanha, 2018).

Fazem parte do evento ainda as seleções de longas e curtas da Mostra Competitiva "Outros Olhares", voltada a filmes sobre dilemas sociais e humanos que marcam o nosso tempo. Entre os longas dessa mostra, estão "A Cor Branca" (Afonso Nunes, Brasil, 2019); "Daniel" (Atlan Marine, França, 2018); e "No Alto da Montanha" (Yang Zhang, China, 2019). Já entre os curtas, os destaques são "Aurora" (Everlane Moraes, Cuba, 2018); "Caranguejo Rei" (Enock Carvalho e Matheus Farias, Brasil, 2019); e "Uma História Africana" (Billy Woodberry, Portugal, 2018).

No anúncio desta quinta-feira, também foram apresentados os júris oficiais. Os curadores Alberto Ramos e Flávia Cândida e a cineasta Rita Azevedo integram o júri da Mostra Competitiva. Já a Novos Olhares / Melhor Filme Brasileiro tem o júri composto pelo crítico Daniel Kasman e os programadores Javier Garcia Puerto e Sarah-Tai Black. No júri da mostra Outros Olhares, estão o cineasta André Felix, a pesquisadora e professora Patricia Machado e o programador Raúl Camargo. Além dos júris oficiais, o festival conta ainda com o júri para o prêmio AVEC-PR (Melhor curta-metragem da mostra Mirada Paranaense) e o júri para o Prêmio Abraccine, escolhido pela Associação Brasileira de Críticos de Cinema – Abraccine.

A lista completa de selecionados, bem como as informações sobre ingressos e horários, estão disponíveis no site oficial do Festival.

Comentários

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

© 1996-2019 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top