CINEMA
09/08/2019, 02:03

BrLab anuncia projetos de longa-metragem selecionados

POR REDAÇÃO

O BrLab, laboratório de desenvolvimento de projetos audiovisuais no Brasil, divulga nesta quinta-feira, 8 de agosto, os projetos selecionados para sua nona edição, que ocorre entre os dias 3 e 9 de outubro, em São Paulo, com programação que abrange ainda atividades abertas ao público.

O laboratório recebeu, neste ano, 487 inscrições – 293 de obras brasileiras e as demais de países da América Latina e Península Ibérica. Ao todo, foram selecionados 12 projetos – deste total, seis brasileiros e outros seis dos países Argentina, Chile, Cuba, Peru, Porto Rico e República Dominicana. A comissão responsável pela escolha foi composta por profissionais de diferentes áreas do setor audiovisual no Brasil e no exterior.

Os títulos selecionados são: "As Batalhas Noturnas", de Paulo Pastorelo, São Paulo, Brasil; "Bate Volta Copacabana", de Juliana Antunes, Minas Gerais, Brasil; "Cosplay", de Fabio Leal, Pernambuco, Brasil; "El Deshielo", de Manuela Martelli, Chile; "El Dia Del Pez", de Miguel Angel Moullet, Peru; "Almamula", de Juan Sebastián Torales, Argentina/França; "Não Estamos Sonhando", de Ulisses Arthur, Alagoas, Brasil; "O Estranho", de Flora Dias e Juruna Mallon, São Paulo, Brasil; "O que está por vir", de Alice Riff e Vanessa Fort, São Paulo, Brasil; "Sarah", de Álvaro Aponte-Centeno, Porto Rico/República Dominicana; "Vicenta B", de Carlos Lechuga, Cuba; "La Misteriosa Mirada del Flamenco", de Diego Céspedes, Chile.

Os escolhidos participam de consultorias com a cineasta Mariana Rondón; a consultora de direção mexicana Paula Astorga; a roteirista brasileira Iana Paro Cossoy; o diretor e roteirista brasileiro Marcelo Gomes; os produtores Agustina Llambi-Campbell, da Argentina, e Giancarlo Nasi, do Chile; além de outros palestrantes e convidados.

Pela segunda vez, o BrLab organiza um workshop de montagem para projetos já filmados e que passaram, na fase de desenvolvimento, pelo BrLab ou pelo 3 Puertos Cine, rede internacional de laboratórios do qual o BrLab é parte. Os selecionados para esta seção foram "Como el Cielo Después de Llover", de Mercedes Gaviria, Colômbia; "Idaho", de Nicolás Molina, Chile; e "O Livro dos Prazeres", de Marcela Lordy, Brasil. Os três terão consultorias individuais de montagem com montadores premiados: Fernando Epstein, do Uruguai; Karen Akerman, do Brasil; e Soledad Salfate, do Chile.

Os projetos participantes do BrLab concorrem a prêmios oferecidos por instituições parceiras como Vitrine Filmes (prêmio-aquisição para projeto estrangeiro e prêmio de desenvolvimento no valor de R$70mil para projeto brasileiro), Pop Up Film Residency (seleção de um projeto para compor a seleção da residência) e Festival de Toulouse (seleção de um projeto para o Cinéma em Dévellopement).

Por fim, um dos seis projetos brasileiros participantes da edição 2019 do BrLab integrará a Incubadora Paradiso de Roteiros 2020, um programa do Projeto Paradiso, iniciativa de apoio aos talentos do audiovisual nacional. Dentro da Incubadora, o roteirista recebe uma bolsa no valor total de 30 mil reais (5 mil mensais), além de mentorias, doctoring, consultorias em desenho de audiência, incentivos para inserção no circuito internacional entre outros apoios. O projeto será selecionado por uma comissão avaliadora constituída pelo próprio Projeto Paradiso.

Comentários

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

© 1996-2019 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top