Tributação
09/10/2015, 18:13

Banda larga cresce 31% em agosto, mas alta do ICMS pode comprometer futuro

Com crescimento de 35% de conexões móveis, o Brasil fechou o mês de agosto com 224,7 milhões de acessos em banda larga, o que representou um crescimento de 31% frente a agosto de 2014. No período de 12 meses, 53 milhões de novas conexões foram ativadas, mostra levantamento da Associação Brasileira de Telecomunicações (Telebrasil), divulgado nesta sexta-feira, 9.

Segundo a entidade, esse crescimento está ameaçado com o aumento da alíquota de ICMS incidente sobre o serviço anunciado pelos estados de Minas Gerais, Pernambuco, Rio Grande do Sul, Sergipe e Tocantins, além do Distrito Federal. Pelas estimativas da entidade, a decisão vai gerar um aumento de até 20% no gasto com tributos nas contas.

De acordo com a Telebrasil, a população de menor renda será a mais prejudicada. Em alguns estados que já aumentaram o ICMS, mais de 60% dos proprietários de celular ganham menos que um salário mínimo.  A associação ressaltou que, no caso da TV por assinatura, o aumento da alíquota de ICMS é de até 50%.

Números

Segundo o estudo, a banda larga móvel, pelas redes de 3G e 4G, liderou a expansão dos acessos à Internet, chegando a agosto com 199,5 milhões de conexões. Os acessos em 4G fecharam agosto com 16,5 milhões de conexões.

Na banda larga fixa, os acessos somaram 25,2 milhões em agosto. Desse total, 1,7 milhão de conexões foram ativadas no período de doze meses, com crescimento de 7,2%.

A Telebrasil informou que 470 novos municípios tiveram a cobertura das redes de banda larga móvel ativada no período de doze meses. Ao todo, as redes de terceira geração estão instaladas em 4.241 municípios, onde moram 94% dos brasileiros. O 4G já chega a 194 cidades, que concentram 47% da população brasileira.

Comentários

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

© 1996-2019 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top