CINEMA
12/02/2020, 20:54

"Meu Nome é Bagdá", de Caru Alves de Souza, fará pré-estreia no Festival de Berlim

"Meu Nome é Bagdá", segundo longa-metragem da cineasta paulista Caru Alves de Souza ("De Menor"), fará sua pré-estreia mundial durante o 70° Festival de Cinema de Berlim, na mostra Generation 14plus, que traz obras que retratam a realidade de jovens ao redor do mundo. A obra é produzida por Rafaella Costa para a Manjericão Filmes com coprodução da Tangerina Entretenimento.

A história se passa em torno de Bagdá (interpretada pela skatista e atriz Grace Orsato), uma garota de 17 anos que vive no bairro da Freguesia do Ó, em São Paulo. Ela anda de skate com um grupo de meninos e passa boa parte do tempo com sua família e as amigas de sua mãe – juntas, elas formam um grupo de mulheres pouco convencional. Em seu cotidiano, a jovem encontra apoio familiar e empoderamento feminino, mas também assédio sexual, preconceito, homofobia e machismo. Quando Bagdá finalmente encontra um grupo de meninas skatistas, sua vida muda. No elenco, estão ainda a cantora e atriz Karina Buhr, Gilda Normacce e a drag queen Paulette Pink.

Com elenco e equipe composto em sua maioria por mulheres, "Meu Nome é Bagdá" já tem contrato de distribuição internacional firmado com a Reel Suspects – empresa francesa que detém em seu catálogo produções de nomes como Jean-Luc Godard, Chris Marker e Alain Robbe-Grillet.

Comentários

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

© 1996-2020 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top