Publicidade
Início Newsletter (Pay-TV) Carolina Vargas explica como a Stenna mantém canais rentáveis a custos reduzidos

Carolina Vargas explica como a Stenna mantém canais rentáveis a custos reduzidos

Carolina Vargas, fundadora e CEO da Stenna, explicou no “Café com Pixel”, programa do canal TELA VIVA no YouTube coproduzido com o escritório CQSFV Advogados, como a empresa evoluiu seu modelo de negócio de distribuidora de canais para também administradora destes de ponta a ponta. Hoje, são mais de 30 canais entre os clientes da Stenna. 

“Administramos alguns desses canais de fim a fim, o que significa que cuidamos da engenharia, programação, questões relacionadas à regulamentação, SAC e financeiro, entre outras áreas. Desta forma, conseguimos administrar, a um custo baixo, vários canais lineares dentro da nossa operação, de forma que eles conseguem rentabilizar mais e manter equipes reduzidas”, contou. 

Quando a Stenna surgiu no mercado brasileiro, há quase dez anos, os grandes canais e as programadoras tinham estruturas robustas. “Mas quando surgiu a Lei do SeAC, vieram outros canais que não contavam com estruturas grandes assim. Eles estavam preocupados em levar o conteúdo ao público e manter a programação ativa, mas não dominavam tão bem a parte da fidelização, da administração e do B2B com as operadoras”, lembrou Carolina, que viu então a possibilidade de usar sua experiência em operadoras e canais para atuar nesse novo modelo de negócio: “Começamos a trabalhar com esses canais que não tinham grandes estruturas financeiras de forma otimizada, com quatro, cinco ao mesmo tempo. Cuidávamos apenas da distribuição e, agora, temos esse ecossistema completo. Atualmente, somos cerca de 50 pessoas na Stenna, e cada departamento cuida de uma área de administração do canal linear. Hoje, somos completos como uma programadora, mas administrando vários canais ao mesmo tempo para que seja mais barato e otimizado para todos”. 

Confira a entrevista na íntegra no canal da TELA VIVA no YouTube ou abaixo: 

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Sair da versão mobile