Grupos de mídia
13/08/2019, 19:16

CBS e Viacom anunciam fusão

Mais um grande movimento de consolidação no mercado global de mídia foi anunciado nesta terça, 13. A CBS e a Viacom comunicaram que chegaram a um acordo de fusão, criando uma empresa com receita de mais de US$ 28 bilhões.

As empresas combinadas terão um portfolio de grandes marcas de mídia, incluindo CBS, Showtime, Nickelodeon, MTV, BET, Comedy Central e Paramount Network, bem como um acervo de propriedade intelectual dos principais gêneros destinado a audiências de todas as idades e perfis demográficos. São mais de 140 mil episódios de séries de TV e mais 3,6 mil filmes, incluindo franquias como "Star Trek" e "Missão: Impossível". A empresa resultante da fusão terá ainda mais de 750 séries encomendadas ou em produção, além de uma das majors de Hollywood, a Paramount Pictures.

A nova empresa terá um dos maiores orçamentos para conteúdo, com mais de US$ 13 bilhões gastos nos últimos 12 meses.

Mercado global

De acordo com o comunicado, a CBS/Viacom terá uma base cumulativa de mais 4,3 bilhões assinantes de TV globalmente. Nos Estados Unidos, a soma dos canais abertos, premium e redes de cabo dará ao grupo a liderança de audiência em infantil, americanos de origem africana e americanos de origem hispânica. Além disso, a nova empresa operará redes no Reino Unido, Argentina e Austrália, bem como programadoras de TV paga em mais de 180 países.

As duas empresas também reúnem capacidade de produção global em cinco continentes em 45 línguas.

Estratégia

Segundo as empresas, a fusão seguira uma estratégia de crescimento em três partes:
acelerar o crescimento de sua estratégia B2C, chegando diretamente ao consumidor;
ampliar a distribuição e as oportunidades de publicidade;
assumir uma posição de liderança como produtora e licenciadora de conteúdo premium para plataformas de terceiros em todo o mundo.

Bob Bakish, presidente e CEO da Viacom, será presidente e CEO da empresa resultante. Joe Ianniello, presidente e CEO em exercício da CBS, será chairman e CEO da CBS.

Comentários

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

© 1996-2019 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top