PlayPlus estreia documentário sobre mulheres em situação de rua em São Paulo 

Documentário “Se essa rua fosse minha” é a nova produção original do PlayPlus (Foto: Divulgação)

O PlayPlus, serviço de streaming da Record TV, estreia nesta sexta-feira, dia 16 de junho, o documentário "Se essa rua fosse minha", produção original que retrata o drama de sete mulheres em situação de rua, com idades entre 27 e 60 anos. 

Aline, Ana Flávia, Ana Paula, Daniela, Débora, Luzimar e Solange são as personagens desse conteúdo e fazem parte das mais de cinco mil mulheres, moradoras da capital, que dividem as mesmas condições e desafios, com relatos em meio ao caos da maior cidade do Brasil, como violência sexual, maternidade, preconceito, falta de acesso às condições básicas de higiene e saúde, entre outros dilemas. 

As histórias mostram Aline, mãe de um bebê de pouco mais de dois meses, que vende balas com o marido pelas ruas para sustentar seu filho. Enquanto isso, Ana Flávia junta moedas quando vai à lavanderia pública da Praça da Sé e lava roupas de outros moradores em situação de rua. Após não conseguir pagar o aluguel durante a pandemia, Ana Paula foi morar em uma praça com três filhas menores de idade e luta, todos os dias, para garantir que as meninas não sofram com a fome e o frio. Já Daniela, agredida diversas vezes pelo ex-marido, fugiu de casa e encontrou na Cracolândia um companheiro que a trata com afeto e respeito. 

Débora, grávida de cinco meses, sonha em ter uma casa para cuidar do bebê e não perdê-lo para o Conselho Tutelar. Luzimar, que está desempregada há meses, vive com o companheiro na calçada do Theatro Municipal, bem longe da família, que está no Nordeste. Já Solange, aos 60 anos, trocou o convívio com parentes que moram nos estados de Minas Gerais e Rio de Janeiro por 16 cachorros como companhia diária à beira da Avenida Paulista. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui