PUBLICIDADE
15/10/2019, 23:49

Monitoramento alerta para crescimento excessivo da publicidade infantil

A quantidade de publicidade dirigida à criança em canais infantis na TV por assinatura aumentou de forma considerável em outubro, mês em que é celebrado o Dia das Crianças, em comparação aos outros nove meses do ano que já passaram. A conclusão é da análise feita pelo programa Criança e Consumo, do Instituto Alana.

O projeto monitora, desde janeiro, os canais infantis Cartoon Network, Discovery Kids e Gloob, e constatou que, só em outubro, a inserção de publicidade infantil nesses canais cresceu 331%, em média. Os fabricantes de brinquedos lideram os anúncios direcionados para crianças (71%), seguidos por produtos alimentícios (9%) e mídias dos próprios canais, como aplicativos e redes sociais (9%).

Em relação à média dos nove meses anteriores, o canal Gloob apresentou aumento de 403% na quantidade de inserções; o Cartoon Network, 324%; e o Discovery Kids, 281%. Na prática, isso significa que, em média, uma publicidade infantil é veiculada a cada dois minutos. Quando avaliada a frequência de anúncios, o monitoramento aponta que em outubro este indicador quintuplicou nesses canais em relação à média registrada de janeiro a setembro, quando foi observada a veiculação de uma publicidade dirigida à criança a cada nove minutos.

Em nota, Renata Assumpção, pesquisadora do Criança e Consumo responsável pelo monitoramento, declara: "Considerando as pesquisas que indicam que crianças de 4 a 11 anos passam, em média, 4 horas por dia assistindo TV paga e os dados compilados em nosso monitoramento, estamos falando de crianças sendo expostas a uma média de 120 anúncios por dia em um canal infantil. Temos, então, um público vulnerável com altíssimo poder de influência nas compras da família sendo bombardeado a todo momento.".

Comentários

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

© 1996-2019 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top