PUBLICIDADE
16/09/2019, 19:42

Associação Brasileira de Marketing e Negócios adere ao CENP

A ABMN, Associação Brasileira de Marketing & Negócios, aderiu formalmente ao CENP, Conselho Executivo das Normas-Padrão, na tarde desta segunda-feira, dia 16 de setembro, na qualidade de entidade associada institucional. Estiveram presenta à solenidade, realizada na sede do CENP, em São Paulo, representantes da Abap, Fenapro, Central de Outdoor, Fenapex, APP Brasil, Abep e Conar, por meio dos seus presidentes e diretores.

A ABMN se junta a duas outras entidades associadas ao CENP, a ABOOH, Associação Brasileira de Mídia Out of Home, e Fenapex, Federação Nacional de Publicidade Exterior. Elas participam das reuniões do órgão máximo do CENP, o Conselho Superior das Normas-Padrão.

A ABMN é uma entidade que já conta com 43 anos de atividade, atuando como mediadora e incentivadora de novos conceitos e práticas do Marketing & Negócios no país em dois vetores: aos atuantes profissionais, nos seus vários níveis de decisão; e na academia, contribuindo para a formação dos futuros profissionais.

Já o CENP é uma entidade de ética com atuação nacional, criada e mantida exclusivamente pelo setor privado para assegurar e difundir boas práticas comerciais entre anunciantes, agências de publicidade e veículos de comunicação. Aplica as Normas-Padrão da Atividade Publicitária, documento orientador de melhores práticas, e atua de forma permanente em cinco áreas: Certifica a qualidade técnica de agências de publicidade; mantém o BUP, depósito para comprovação pública das listas de preços dos veículos de comunicação; credencia serviços de informações de mídia oferecidos pelas empresas especializadas e também institutos e empresas para atuarem na verificação de circulação dos veículos de comunicação impressos; atua como fórum permanente de discussão técnico-comercial da área publicitária; e mantém o CENP-Meios, ferramenta de mensuração dos investimentos publicitários no país, a partir de informações colhidas junto a cerca das maiores agências de publicidade do país.

Comentários

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

© 1996-2019 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top