Resultados
17/02/2012, 16:10

Operadora de satélites SES lucra 617 milhões de euros e mira mercados emergentes

POR REDAÇÃO

A SES, operadora  de comunicação satelital baseada em Luxemburgo, com cerca de 50 satélites geoestacionários, divulgou seus resultados financeiros nesta sexta-feira, 17. Em 2011, a companhia registrou uma receita de 1,73 bilhão de euros (US$ 2,28 bilhões), queda de 0,1% em relação a 2010, EBITDA (lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização) de 1,27 bilhão de euros (US$ 1,67 bilhão) e lucro operacional de 808 milhões de euros (US$ 1,62 bilhão), 1,4% acima do ano anterior.  No total, o lucro da companhia registrou alta de 26,8%, totalizando 617 milhões de euros (US$ 811 milhões).

Mercados emergentes

Sete satélites estão sendo construídos pela SES e devem ser lançados até o final de 2014. A maioria da nova capacidade servirá clientes em mercados emergentes, a mais nova aposta da operadora satelital, que já tem presença consolidada na Europa e Estados Unidos. Com isso, o grupo esperar ter um crescimento médio de receita de 7,5% por ano até 2014.

DTH

A SES assinou ainda esta semana um contrato de longo prazo com a Media Networks Latin America (MNLA), do Grupo Telefónica, para ampliar os serviços de TV paga da espanhola na América Central e no Caribe.

O contrato garante à MNLA acesso a múltiplos transponders do satélite AMC-4 da SES, para lançar o serviço de DTH para TV por assinatura no atacado, com grade combinada internacional e regional de canais SD e HD a partir do teleporto da MNLA localizado em Lima, no Peru.

Comentários

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

© 1996-2019 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top