FOMENTO
17/08/2021, 19:23

Prefeitura do Rio anuncia R$ 20 milhões em fomento para a retomada do audiovisual carioca

O Prefeito do Rio, Eduardo Paes, anunciou na manhã desta terça-feira, dia 17 de agosto, o Plano de Retomada do Audiovisual Carioca, um pacote de investimentos com uma série de medidas para recuperar e fortalecer o setor na cidade por meio da RioFilme, empresa que integra a Secretaria de Governo e Integridade Pública (SEGOVI). Estavam também presentes no lançamento no Palácio da Cidade o Secretário de Governo e Integridade, Marcelo Calero; o Diretor-Presidente da RioFilme, Eduardo Figueira; além de autoridades e representantes do setor audiovisual na cidade.

As ações preveem investir ainda neste ano de 2021, por meio de editais, R$ 20 milhões nas áreas de produção, finalização e desenvolvimento de projetos para o cinema, TV, ações locais e games. Neste orçamento, estão garantidos também recursos para a realização de eventos, mostras e festivais de cinema.

Entre as premissas para se participar dos editais há regras como: as empresas interessadas devem estar há pelo menos dois anos funcionando com sede na cidade do Rio, 70% dos recursos recebidos por meio dos editais devem ser gastos no município e os investimentos devem começar a ser utilizados ainda em 2021.  

Além do fomento, o Plano de Retomada prevê ações para a recuperação da infraestrutura do setor na cidade, como a reestruturação do Polo Cine Vídeo e a reabertura do CineCarioca Nova Brasília, no Complexo do Alemão, que se prepara para voltar às atividades em outubro de 2021.

Ainda dentro das medidas de infraestrutura, será criado por meio de decreto assinado pelo Prefeito um Grupo de Trabalho, formado por representantes de secretarias municipais, para avaliar a criação do Distrito Criativo Carioca – DCC, na região entre Barra e Jacarepaguá, zona oeste da cidade. A partir do trabalho do GT, que tem prazo máximo de trabalho de 90 dias, serão analisadas, à luz das necessidades tributárias e estruturais, a viabilidade do Distrito, que tem como objetivo consolidar e solidificar as atividades de audiovisual na região, que já abrange um complexo de seguimentos inerentes ao setor, com estúdios de televisão, rede hoteleira, ampla estrutura comercial e turística e ainda, o Polo Cine Vídeo.  

Outra importante medida é a consolidação da RioFilme como porta de entrada para quem filma no Rio. Essa medida é amparada em um decreto assinado hoje pelo Prefeito, que amplia as competências da RioFilme, fazendo da empresa a centralizadora dos trâmites de liberação de filmagem na Cidade, com a implementação de um sistema que agiliza, desburocratiza e dinamiza os processos de autorização de uso de locações públicas. O processo trará critérios e prazos definidos e será mais eficiente e transparente. As novas regras entram em vigor em 60 dias, contados a partir da data da publicação do decreto.

Durante a cerimônia de lançamento, anunciou-se também uma parceria entre a RioFilme e a Firjan, que concederá uma ampla consultoria à empresa municipal para a modernização de sua estrutura e definição de seu planejamento estratégico, que deve resultar, entre outras realizações, na criação de uma nova marca: a RioFilme+.

O Plano de Retomada traz também a criação de um conselho consultivo, o Conselho da RioFilme, que configura um importante passo na direção da ampliação da participação do mercado audiovisual nas decisões da empresa. O Conselho deverá reunir um grupo de sete notáveis representantes do setor audiovisual nas esferas pública e privada, sendo dois componentes da Prefeitura e cinco do mercado. O Conselho terá o desafio de auxiliar a RioFilme na sua interlocução com o mercado e na condução de suas diretrizes.

Comentários

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

© 1996-2021 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top