MERCADO
17/10/2019, 23:30

Elo Company lança projeto para incentivar o empreendedorismo negro no audiovisual

Após lançar o Selo Elas, voltado para o incentivo de projetos do cinema brasileiro dirigidos por mulheres, a Elo Company dá continuidade à estratégia de atender a diversidade da audiência e da produção nacional e apresenta o Selo Black. 

O projeto tem como objetivo incentivar o empreendedorismo negro no audiovisual, ampliando a visibilidade e o alcance nacional e internacional dos filmes dirigidos, produzidos e com atuação de pessoas negras. O Selo atuará especialmente na formação de profissionais negros e também como incubadora de projetos de realizadores e produtores negros. O Selo foi criado e é liderado por Gabriela Souza, gerente de projetos e financiamentos da Elo Company, mulher negra que trabalha no audiovisual há mais de uma década.

Os títulos já selecionados para o projeto são "Narciso Rap", do diretor Jefferson De; "Menina Mulher da Pele Preta", de Renato Candido; "Na Rédea Curta", de Glenda Nicacio e Ary Rosa; e "É Tempo de Amoras", de Anahí Borges. Este último também faz parte do Selo Elas, sendo uma união entre as duas propostas.

Comentários

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

© 1996-2019 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top