Programação
18/09/2007, 17:18

Record News entra no ar apostando no sinal aberto

POR FERNANDA MONTANO

A Rede Record lançou, nessa terça-feira, 18, o Record News, primeiro canal brasileiro que transmitirá 24 horas de notícias em TV aberta. A programação entra no ar no dia 27 de setembro, às 20h, com entrevista exclusiva do presidente Lula. Foram investidos US$ 7 milhões até agora, em equipamentos, infra-estrutura e transmissores; a previsão é de faturar R$ 100 milhões já no primeiro ano de operação, segundo o vice-presidente comercial, Walter Zagari.
A programação contará com telejornais nacionais e regionais, programas de entrevistas, de variedades e esportivos, além de documentários. ?Teremos 80% de produção própria e 20% de conteúdo proveniente de agências internacionais?, explica o diretor de Jornalismo, Douglas Tavolaro.

Equipe

Serão contratados 250 profissionais para o Record News e os mil jornalistas da rede em todo o Brasil também produzirão conteúdo para o canal. Segundo o presidente da Record, Alexandre Raposo, ainda não é possível estimar o investimento em pessoal, pois a equipe não está completa. ?Ainda temos alguns contratos para fechar, mas pretendemos definir tudo até segunda-feira?, afirmou.
Por meio do contrato de parceria, a Rede Record terá o compromisso de fornecer o conteúdo do Record News e a Rede Mulher ficará responsável pela distribuição em seus canais. A transmissão será feita nos canais UHF do grupo e, portanto, estará nas operações de cabo das cidades onde o canal UHF estiver outorgado como geradora, já que pela Lei do Cabo, toda operadora é obrigada a levar o sinal das geradoras abertas locais.
Porém, a Record não é geradora no UHF de São Paulo, o que não obrigaria a Net, por exemplo, a transmitir o Record News na capital. A rede está em negociação com a emissora, mas segundo uma fonte próxima à Record, o canal provavelmente não será transmitido. A mesma fonte afirma que a Record está em fase de conversas com a Telefônica, que deverá transmitir o novo canal. Segundo Alexandre Raposo, a Record não tem como prioridade transmitir via cabo, já que ?o mercado de parabólicas abrange 12 milhões de antenas, número bastante significativo?.

Concorrência

Questionado sobre a disputa com canais como Globo News e Band News, o diretor de jornalismo da Record apontou algumas características que podem diferenciar o canal, além do fato de ser transmitido em canal aberto. ?Os outros canais são apáticos e têm programação insossa. O Record News será um canal vibrante e com alguns programas inéditos em canais de notícias, como telejornais regionais, um jornal dedicado a notícias internacionais e outro voltado exclusivamente às condições do tempo?, afirmou Douglas Tavolaro.

Comentários

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

© 1996-2022 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top