CINEMA
18/10/2019, 18:44

Coprodução entre Brasil e França, "Ressaca" compete na primeira edição do FIFAC, na Guiana Francesa

O documentário "Ressaca" ("Vertige de la Chute"), dirigido por Patrizia Landi e Vincent Rimbaux, uma coprodução entre a Babel Doc, da França, e a Cafeína Produções, do Brasil, está competindo na primeira edição do FIFAC – Festival International du Film Documentaire Amazonie – Caraïbe, promovido pela TV pública da França, a France Télévisions. O evento teve início na Guiana Francesa na última segunda-feira, dia 14 de outubro, e encerra nesta sexta, 18, com o anúncio dos premiados na parte da noite.

O filme acompanha o corpo artístico do Theatro Municipal do Rio de Janeiro no cenário do colapso do estado que resultou na suspensão e instabilidade dos salários entre os anos de 2016 e 2018. Ele retrata, por meio de uma câmera observacional e em preto e branco, a espera marcada pelos dias que se alongam sem boas notícias e ainda a resistência, uma vez que a despeito da ruína e da miséria, é preciso produzir e sobreviver. A estreia internacional do longa aconteceu na competição principal do FIPADOC, em Biarritz, na França, em janeiro deste ano.

No âmbito do Festival, há também atividades de mercado, como conferências e encontros entre produtores e canais de TV. Simone de Oliveira, Gerente de Produção da Globo Filmes, participa do evento representando a TV Globo.

Comentários

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

© 1996-2019 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top