PROGRAMAÇÃO
19/01/2022, 16:53

Fernando Gabeira registra os danos causados pelo avanço do mar em nova série

Ano após ano, autoridades das principais potências mundiais buscam acordos para diminuírem os impactos das mudanças climáticas. De acordo com uma pesquisa realizada pela Climate Central, organização sem fins lucrativos sediada nos Estados Unidos, o Brasil é um dos países mais vulneráveis ao aumento do nível dos oceanos, já que sua costa é muito extensa e habitada por cidades com alta densidade demográfica. Esse é o tema da nova série "Pelas Estradas do Brasil – A resposta do mar", que a GloboNews exibe nos dias 23 e 30 de janeiro, às 21h. Em dois episódios, Fernando Gabeira percorre trechos da costa onde o problema se agrava em decorrência do desequilíbrio ecológico, registrando os danos ambientais que estão destruindo vidas e futuros. 

"Em muitos lugares do mundo são feitas projeções sobre uma das principais consequências do aquecimento global, que é a elevação do nível dos mares. Resolvemos traçar um quadro da vulnerabilidade do litoral brasileiro, também pensando no futuro. A praia de Atafona, um dos locais que visitamos, é uma verdadeira antevisão do apocalipse com um cenário de casas destruídas, ruínas submersas. O especial fala sobre o avanço do mar, mas também mostra como as pessoas avançaram sobre o mar e como provocaram o desastre, em cada lugar de maneira diferente", comenta Gabeira, que visita também regiões como o Morro das Pedras e a Praia do Gravatá, em Florianópolis, e Olinda, Jaboatão dos Guararapes e Paulista, em Pernambuco.  

A série ouve especialistas que explicam como o aumento das emissões de gases de efeito estufa está fazendo a temperatura da Terra subir cerca de 1,2º celsius em relação ao período pré-industrial e como as áreas geladas do planeta passaram a conviver com um aumento do degelo. Além do Brasil, os locais mais atingidos por esse desequilíbrio ambiental seriam a China, Índia, Indonésia e Vietnã. 

Documentário original "Wild – Vida Selvagem"

Também no próximo domingo, 23, outro documentário original da GloboNews vai revelar dados impressionantes sobre o comércio ilegal de animais silvestres, a terceira maior atividade ilegal do mundo, perdendo apenas para o tráfico de armas e de drogas em volume de recursos envolvidos. No documentário "Wild – Rede Selvagem", o premiado ambientalista brasileiro Dener Giovanini, fundador do RENCTAS – Rede Nacional de Combate ao Tráfico de Animais Silvestres, se encontra com um dos maiores traficantes de animais do país.    

Gravado ao longo de nove meses, o filme mostra que, somente no Brasil, esse comércio movimenta anualmente cerca de dois bilhões de dólares. Todos os anos 38 milhões de animais são retirados da natureza brasileira para abastecer essa atividade cruel. E apenas um de cada dez animais traficados consegue chegar às mãos do consumidor final. Nove morrem durante a captura ou transporte devido aos maus-tratos. 

O longa-metragem contém cenas impactantes, como o registro de todas as etapas do comércio de um bicho-preguiça. Ao final, o comprador envia ao vendedor um vídeo onde mostra que o animal estava morto, pois não tinha resistido a uma longa viagem dentro da mala de um carro. O documentário é uma produção da DGCA Filmes em parceria com a GloboNews e a Globo Filmes. 

Comentários

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

© 1996-2022 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top