Grupos de mídia
19/08/2019, 17:30

Erick Bretas reassume comando do Globoplay. João Mesquita deixa o grupo

O Globoplay volta a ser comandado por Erick Bretas, executivo responsável pelo lançamento do serviço de streaming em 2015. João Mesquita, que há dois anos deixou o cargo de CEO dos canais Telecine para assumir a liderança da plataforma de OTT da Globo, deixa o grupo. Segundo comentários de mercado, ele deve assumir o comando das operações do serviço de vídeo Amazon Prime no Brasil, mas este noticiário não conseguiu a confirmação junto ao executivo.

Bretas, por sua vez, reassume uma das mais importantes iniciativas do Grupo Globo em sua estratégia multiplataforma, acumulando suas responsabilidades com a direção do Hub Globo Silicon Valley, que vinha liderando desde o final de 2017.

Em nota, o presidente executivo do Grupo Globo, Jorge Nóbrega, diz que uma imersão recente no ambiente de novos negócios digitais e de tecnologia no Vale do Silício e em atividades de M&A (fusões e aquisições) aceleraram o desenvolvimento de Bretas como executivo, "qualificando-o para apoiar a Globo de forma ainda mais relevante na nossa estratégia atual". Nóbrega reafirma a importância da plataforma, "um dos pilares do portfólio de produtos direct to consumer", na estratégia do grupo de se aproximar mais do consumidor brasileiro.

Lançada inicialmente como uma plataforma de catch up da TV Globo, o Globoplay ganhou papel de destaque no grupo há dois anos, quando começou o desenvolvimento da plataforma OTT. Mesquita, que já havia lançado o serviço online dos canais Telecine, foi chamado para assumir a criação do serviço. Hoje a plataforma reúne originais Globoplay, além de filmes e séries internacionais, dentre elas produções exclusivas, que só serão exibidas online. Em 2018, o serviço adicionou mais de 100 produções nacionais e internacionais ao seu catálogo, que também conta com produções dos canais Globosat e toda a programação da TV Globo. Na inauguração dos novos estúdios da Globo, Jorge Nóbrega afirmou que o conteúdo gerado pelo Grupo Globo terá exclusividade do Globoplay no digital. Segundo ele, nada será licenciado para outras plataformas. Além disso, foi anunciada a ampliação da exclusividade de conteúdos originais no serviço digital, que agora deve ser de 18 meses a dois anos, antes de seguir para outras janelas, incluindo a TV aberta. (Colaborou Samuel Possebon)

Comentários

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

© 1996-2019 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top