PROJETO SOCIAL
19/11/2019, 21:39

Unesco e Globo renovam parceria para o Criança Esperança

A diretora-geral da Unesco, Audrey Azoulay, e o vice-presidente editorial do Grupo Globo, João Roberto Marinho, assinaram na última segunda-feira, 18 de novembro, um novo acordo de parceria e cooperação técnica de seis anos para o Criança Esperança. A cerimônia, que ocorreu em Paris, na França, na sede da organização, faz parte das atividades que marcam a 40ª sessão da Conferência Geral da Unesco, que teve início no último dia 12.

O Criança Esperança é uma das maiores campanhas de angariação de fundos para instituições de caridade do mundo. Há 34 anos, a iniciativa mobiliza a sociedade brasileira, que faz doações destinadas a apoiar projetos sociais desenvolvidos por organizações da sociedade civil espalhados por todo o país. O Programa, que é uma iniciativa da TV Globo, teve um resultado ainda mais significativo a partir de sua parceria com a Unesco, firmada em 2004. Com a renovação do acordo de cooperação, a Representação da Unesco no Brasil continuará sendo responsável pela seleção e monitoramento dos projetos e instituições além de gerenciar os recursos arrecadados durante as campanhas.

Reconhecido pela Unesco como modelo internacional, o Programa Criança Esperança tem um papel fundamental na discussão de importantes questões da agenda social do Brasil, incentivando o debate sobre políticas públicas. A campanha também contribuiu para a inclusão do artigo 227 na Constituição da República Federativa do Brasil de 1988, que garante os direitos das crianças brasileiras. Dois anos depois, este artigo levou à ratificação do Estatuto da Criança e do Adolescente. Todos os projetos beneficiados pelo Criança Esperança, que promovem o desenvolvimento pessoal de indivíduos e organizações, estão comprometidos em alcançar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) das Nações Unidas.

Em 2019, o Criança Esperança estabeleceu um recorde histórico, captando R$22,7 milhões em sua campanha. As doações recebidas beneficiarão 91 projetos sociais nas áreas de educação, cultura, esporte, inclusão e cidadania em 23 estados brasileiros, impactando diretamente a vida de 66 mil crianças, adolescentes e jovens em situação de vulnerabilidade social. 

 

Comentários

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

© 1996-2019 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top