AGENDA
20/06/2022, 18:39

Festival de Cinema de Vitória realiza edição presencial de 21 a 25 de junho

Depois de dois anos sendo realizado de forma remota, um dos mais tradicionais festivais de cinema do país anuncia o retorno ao formato presencial. De 21 a 25 de junho, acontece o 28º Festival de Cinema de Vitória – Reencontro, no Centro Cultural Sesc Glória, no Hotel Senac Ilha do Boi e no Cine Metrópolis (UFES). Esta será uma edição especial de 2021, um desdobramento da primeira parte do evento, realizado online em novembro do ano passado. A homenageada nacional será a atriz Marcélia Cartaxo.

Gratuita, a programação contempla um recorte potente da produção contemporânea audiovisual brasileira. Durante os cinco dias de evento, será apresentada uma seleção de 30 filmes, entre curtas e longas-metragens, premiados com o Troféu Vitória e que foram exibidos em 2021 na edição virtual do 28º FCV. O público irá conferir produções, em programas especiais preparados pela curadoria do FCV, com três sessões especiais com filmes convidados, o lançamento da edição física do Cadernos da Homenageada Nacional, Marcélia Cartaxo, e do Caderno da Homenageada Capixaba, Margarete Taqueti, além de oitos oficinas com foco nas diversas etapas da produção audiovisual.

Filmes premiados 

Os filmes vencedores das 11 Mostras Competitivas do festival e do Prêmio Especial da ABD estarão na programação. Entre as produções que serão exibidas, estão "Prata", de Lucas Melo, Troféu Vitória de Melhor Filme (Júri Técnico) da 25ª Mostra Competitiva Nacional de Curtas; "Mirador", de Bruno Costa, Troféu Vitória de Melhor Filme (Júri Popular) na 11ª Mostra Competitiva Nacional de Longas; "O Peixe", de Natasha Jascalevich, Troféu Vitória de Melhor Filme (Júri Técnico e Popular) na 6ª Mostra Mulheres no Cinema; e "Quimera", de Luísa Costa Miranda, Troféu Vitória de Melhor Filme (Júri Popular) na 10ª Mostra Foco Capixaba.

Comandados pelo jornalista e crítico de cinema Filippo Pitanga e pela curadora, cineasta e produtora Flavia Candida, os debates com os realizadores das exibições de curtas-metragens premiados acontecem logo após as sessões, que têm início às 15h e acontecem de 21 a 25 de junho, no Centro Cultural Sesc Glória. Já o bate-papo com os diretores dos longas-metragens premiados será no sábado, 25, às 10h, no Hotel Senac Ilha do Boi.

Pré-estreias 

O 28º FCV – Reencontro também recebe dois filmes inéditos no circuito comercial e que são destaques na nova safra de produções brasileiras. Abrindo a programação do festival "Os Primeiros Soldados", de Rodrigo de Oliveira, é uma produção capixaba da Pique Bandeira Filmes, que conta a história de um grupo de amigos que tenta sobreviver à epidemia de AIDS no começo dos anos 1980. O longa, que percorre festivais pelo mundo, foi premiado no 23º Festival do Rio 2021, na capital carioca, na 25ª Mostra de Cinema de Tiradentes, em Minas Gerais, no 52º International Film Festival of India, na Índia, e no 70º International Film Festival Mannheim-Heidelberg, na Alemanha.

Quem encerra a programação é "Serial Kelly", de René Guerra, diretor cujo trabalho atravessa a história do Festival de Cinema de Vitória. O longa-metragem, que tem sua primeira exibição na cidade de Vitória, acompanha a agenda de shows de uma cantora de forró eletrônico em inferninhos pelo sertão e o rastro de mortes que ela vai deixando pelo caminho. O filme é protagonizado pela cantora Gaby Amarantos e tem produção da Bananeira Filmes.

Filmes convidados 

O festival irá exibir três longas-metragens convidados, que foram exibidos fora de competição na edição online do festival. As Sessões Especiais começam na quinta-feira, 23, com a exibição do longa-metragem "A Matéria Noturna", de Bernard Lessa. Na sexta, 24, será exibido o documentário "Limiar", de Coraci Ruiz. Fechando as exibições, no sábado, 26, "Espero que Esta te Encontre e que Estejas Bem", de Natara Ney. Todas exibições acontecerão às 15h, no Centro Cultural Sesc Glória.

Festivalzinho 

O ano de 2022 marca o retorno do Festivalzinho de Cinema de Vitória. A mostra, que precisou ser paralisada em função da pandemia, chega a sua 21ª edição e conta com o patrocínio da ArcelorMittal. O projeto tem como foco criar um intercâmbio entre estudantes da rede pública e o universo audiovisual, além de estimular a formação de plateia e desenvolver a sensibilidade do público infanto-juvenil para o universo das artes.

As exibições deste ano acontecem nos dias 22, 23 e 24 de junho, sempre às 9h e às 14h, no Cine Metrópolis, na Universidade Federal do Espírito Santo (UFES), e atenderão os estudantes das Escolas Municipais de Ensino Fundamental (EMEF) Irmã Dulce, Altair Siqueira Costa, São Diogo e Professor Luiz Baptista, da rede de Ensino Público do Município de Serra.

Serão seis sessões gratuitas, divididas em duas exibições diárias, para um público de mais de 1.800 crianças e adolescentes. Na programação, seis curtas-metragens que fortalecem a produção audiovisual contemporânea com temática voltada para o público infantojuvenil. Os filmes que serão exibidos são: "A Cápsula do Tempo", de Rodrigo Grota; "Umbrella", de Helena Hilário e Mário Pece; "Sobre Amizade e Bicicletas", de Julia Vidal; "Stone Heart", de Humberto Rodrigues; "Antes que Vire Pó", de Danilo Custódio; e "O Sonho do Zezinho", de Edmundo Lacerda.

Homenagens 

Outro destaque do 28º FCV – Reencontro são os lançamentos das edições impressas dos Cadernos das Homenageadas durante as coletivas. O lançamento do "Caderno da Homenageada Capixaba: Margarete Taqueti" acontece na quarta-feira, 22, às 15h. Já o lançamento do "Caderno da Homenageada Nacional: Marcélia Cartaxo" será na quinta, 23, às 15h, no Hotel Senac Ilha do Boi. Também na quinta, as homenageadas participarão da cerimônia de homenagem, a partir das 19h, no Centro Cultural Sesc Glória. As publicações biográficas jogam luz sobre a obra e a vida destas importantes profissionais que contribuem para a construção da cultura do país e cumprem o papel de eternizar a memória do cinema brasileiro através de suas trajetórias.

Formação 

A programação também inclui uma série de atividades de formação que reafirmam o compromisso da Galpão Produções e do Instituto Brasil de Cultura e Arte (IBCA) com a formação, a educação e a instrumentalização de profissionais para diversas áreas do setor audiovisual. Todo o processo para as inscrições será online, via formulário Google. Para oficializar o processo de inscrição, os inscritos devem entregar, na sede da Galpão Produções/ IBCA, um pacote de fralda geriátrica ou uma lata de leite em pó que serão doadas para o Asilo de Vitória, localizado no bairro Monte Belo, na capital capixaba.

O corpo de atividades inclui as oficinas Descolonizando o Roteiro, com o cineasta, educador e fundador do CAN – Cineclube Atlântico Negro e CineGEASur, Clementino Junior; Escrita de Curta-Metragem de Horror, com a cineasta e roteirista, Carissa Vieira; Narrativa das Redes – Criação de Conteúdo Online com Ferramentas de Cinema, com o jornalista, crítico e advogado, Filippo Pitanga; O Personagem como Centro de um Universo no Cinema de Não-ficção, com o cineasta e roteirista Gustavo Vinagre; A Construção do Roteiro a partir da Desconstrução dos Personagens, com a diretora e roteirista Julia Katherine; Produção de Conteúdo para Internet, com Emmy Lobo; Oficina de Realização de Cinema em Vídeo, com Luiz Carlos Lacerda; e A Vertigem do Subtexto, com Gilda Nomacce.

Todas as informações sobre as oficinas e o formulário de inscrições estão disponíveis no site oficial

Tendalab 

No sábado, 25, a partir das 22h, no Forte São João, na Curva do Saldanha, o 28º FCV – Reencontro recebe o lançamento do Festival TendaLab. O público vai conferir uma programação musical que apresenta um recorte da música brasileira contemporânea em uma noite de alma carnavalesca.

No line up, estão a cantora Letrux, a Banda Malacaxeta, com a participação especial da atriz e cantora Letícia Persiles, e o DJ Set do Bloco Amigos da Onça. As apresentações são gratuitas, porém é necessário retirar os ingressos na semana do evento. Mais informações serão divulgadas no Instagram e Facebook

O 28º Festival de Cinema de Vitória – Reencontro conta com o patrocínio do Ministério do Turismo e da ArcelorMittal, através da Lei de Incentivo à Cultura. Conta com apoio do Canal Like e da Universidade Federal do Espírito Santo e apoio institucional da Rede Gazeta. A realização é da Galpão Produções e do Instituto Brasil de Cultura e Arte (IBCA). Este projeto está sendo realizado com recursos públicos do Governo do Espírito Santo viabilizados pela Lei de Incentivo à Cultura Capixaba, da Secretaria de Cultura.

Comentários

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

© 1996-2022 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top