Publicidade
Início Newsletter (Tela Viva) Projeto audiovisual Diáspora Conecta abre inscrição para o Dia.Lab 2022

Projeto audiovisual Diáspora Conecta abre inscrição para o Dia.Lab 2022

O Diáspora Conecta abre nesta semana as inscrições para o Dia.Lab 2022, programa internacional imersivo focado na profissionalização de produtores e roteiristas negros por meio do desenvolvimento de projetos cinematográficos de ficção e documentário, que neste ano será realizado presencialmente entre os dias 7 e 13 de dezembro em Salvador, na Bahia.

A iniciativa é voltada a pessoas apaixonadas pelo cinema, dedicadas ao ofício da escrita e da produção cinematográfica e interessadas em trocar ideias em torno dos processos de criação. Podem se inscrever pessoas negras, maiores de 18 anos, oriundas de qualquer país da Ibero-América e de países africanos de língua oficial portuguesa, com projetos de longa-metragem de ficção ou de documentário em fase de desenvolvimento.

Para esta quarta edição do programa, serão selecionados até oito projetos para receberem tutoria e assessoramento por meio de workshops, palestras, estudos de caso, exibição de filmes e consultorias direcionadas ao aprimoramento das narrativas audiovisuais, ao desenvolvimento profissional e à capacitação criativa e mercadológica dos participantes.

Os interessados em participar do Dia.Lab 2022 podem se inscrever até o dia 10 de outubro pelo site, onde também estão disponíveis o regulamento completo e todos os detalhes de participação. Os projetos selecionados serão divulgados na primeira semana de novembro. 

Premiações 

Os selecionados desta edição de 2022 vão receber consultorias de um time de  profissionais premiadas do Brasil e do exterior, dentre elas: Xenia Rivery (Havana, Cuba), roteirista, professora e consultora de projetos;  Cláudia Gonçalves (São Paulo, Brasil), produtora executiva e consultora; e Tanya Valette, (Santo Domingo, República Dominicana), produtora executiva e co-gerente da produtora Monte & Culebra SRL.

Os selecionados concorrem ainda ao Prêmio Diáspora, que trata-se de um estímulo ao desenvolvimento narrativo para um dos projetos participantes do Diáspora Lab 2022 no valor de R$10 mil, além de premiações concedidas pelos parceiros: Prêmio Miradasdoc – seleção de um dos projetos de documentário para participar da próxima edição do Fórum de Coprodução África – América Latina AFROLATAM LAB, em 2023, com todas as despesas pagas; e Prêmio Paradiso – seleção de um dos projetos de ficção com inclusão do respectivo na Rede Paradiso de Talentos, além de apoio para o desenvolvimento do projeto no valor de R$3 mil.

“Esta edição do Dia.Lab marca a retomada dos encontros presenciais e estamos preparando uma bonita e potente programação para celebrar este novo momento. Trabalhamos bastante nos últimos meses para ampliar os caminhos do laboratório e este ano teremos duas grandes novidades: a criação de um novo espaço, o Dia.Lab Audience, e a ampliação do nosso público. Entendemos que uma chamada internacional com alcance para Ibero-América e os Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa abre algumas janelas de oportunidade, responde a uma demanda dos últimos anos e oficializa assim a integração que já propomos desde o início das nossas atividades em 2018. Estamos muito animados com a possibilidade de conhecer novas pessoas e mergulhar em histórias que falem do seu território e reescrevam em voz alta cada linha do seu tempo”, declara Emerson Dindo, diretor executivo do Diáspora Conecta.  

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Sair da versão mobile