CINEMA
21/02/2022, 19:42

Filmes nacionais apoiados pelo Projeto Paradiso são premiados no Festival de Berlim 2022

Três filmes brasileiros que receberam apoio do Projeto Paradiso para participar do Festival de Berlim em 2022 saíram do evento premiados. "Fogaréu" (foto), primeiro longa de Flávia Neves, estreou na mostra Panorama do Festival, onde foi reconhecido como o terceiro melhor filme pelo público. O filme já havia recebido um prêmio do Projeto Paradiso em 2020, após ser selecionado para a seção Primer Corte no mercado argentino Ventana Sur. Com o projeto "Tempo do Poder", seu segundo longa-metragem, Neves também foi contemplada com uma Bolsa Paradiso para cursar a residência oferecida pela Cité Internationale des Arts, em Paris.

Já o curta-metragem "Manhã de Domingo", de Bruno Ribeiro, ganhou o Urso de Prata na Berlinale Shorts. O cineasta faz parte da Rede Paradiso de Talentos desde 2019, quando integrou a Incubadora Paradiso para desenvolver seu longa-metragem "Sião". 

"Três Tigres Tristes", de Gustavo Vinagre, estreou na mostra Panorama da Berlinale e recebeu o Teddy Award de Melhor Longa-Metragem. A premiação é voltada para filmes com temática queer que participam de todas as seções do Festival de Berlim. 

Em um ano com reduzida participação brasileira no Festival de Berlim, um dos maiores do mundo, o Projeto Paradiso apoiou a presença de quatro longas. Além dos premiados, "Mato Seco em Chamas", de Adirley Queirós e Joana Pimenta, estreou na mostra Fórum, onde teve uma recepção calorosa do público. 

Comentários

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

© 1996-2022 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top