Publicidade
Início Newsletter (Pay-TV) IAB cria comitê sobre impactos da inteligência artificial na publicidade

IAB cria comitê sobre impactos da inteligência artificial na publicidade

Interactive Advertising Bureau (IAB Brasil) está criando um Comitê de Inteligência Artificial com o objetivo de discutir boas práticas no uso dessas ferramentas voltadas para a publicidade. Inicialmente o grupo, que será exclusivo para os associados da entidade, tem agendada para o dia 11 de junho sua primeira reunião.

A presidência do Comitê será ocupada por Microsoft e Google, duas empresas de tecnologia que investem alto no desenvolvimento de IA. Segundo a IAB, o Comitê quer trazer à luz pautas que mostrem como a inteligência artificial pode contribuir para resultados ainda mais efetivos para todos os atores envolvidos na publicidade digital.

A IAB informou que entre as principais entregas do novo comitê, estão:

  • Acompanhar o ambiente regulatório no Brasil e elaborar posicionamentos sempre que necessário;
  • Identificar e catalogar ferramentas de IA disponíveis em vídeo, áudio, texto e outras variações;
  • Promover debates dentro do IAB Brasil sobre as melhores práticas no uso da IA em campanhas publicitárias;
  • Desenvolver pesquisas para identificar oportunidades no mercado e avaliar o conhecimento de IA entre os profissionais da área;
  • Disseminar conhecimento sobre IA por meio de programas educacionais, conteúdos e eventos.

A entidade elegeu o tema de IA como um dos prioritária para 2024. Para a CEO do IAB Brasil, Cristiane Camargo, “o avanço da IA traz oportunidades sem precedentes para a personalização e otimização de campanhas. Por outro lado, levanta questionamentos importantes sobre ética, transparência e propriedade intelectual. Precisamos estar preparados para lidar com as oportunidades e desafios que esse cenário oferece”.

Atualmente, o Brasil discute uma regulação de Inteligência Artificial (IA) por meio do projeto de lei 2.338/2023, que está na Comissão Temporária de Inteligência Artificial (CTIA) do Senado. O relator da matéria, senador Eduardo Gomes (PL-TO), deve apresentar um relatório final da matéria até junho.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Sair da versão mobile