CINEMA
22/02/2021, 22:46

Filme "Abraço" terá lançamento internacional no dia 8 de março

A Rede de Trabalhadores da Internacional da Educação para a América Latina (IEAL) e a Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) promovem o lançamento internacional do filme "Abraço" no próximo dia 8 de março, em comemoração ao Dia Internacional da Mulher. A IEAL, junto com a CNTE e a CUT Brasil, apoiou a realização do longa, patrocinado pelo Sindicato dos Trabalhadores na Educação do Estado de Sergipe – SINTESE. O filme legendado em espanhol será exibido pela plataforma Zoom a partir das 11h, horário de Brasília, e poderá ser acompanhado de qualquer país do mundo. Os interessados em assistir devem procurar seu sindicato para mais informações. 

A dupla/tripla jornada de trabalho assumida pelas professoras e professores e por dirigentes sindicalistas é um dos temas do longa. Na trama, em 2008, professores sergipanos travam uma luta jurídica com o governo do estado para evitar a perda de direitos já conquistados. No meio desta luta, a professora Ana Rosa vive o desafio de ser mãe, mulher e dirigente sindical, mas a incompreensão de seu marido e a visão machista de sua própria mãe tornam a sua jornada ainda mais desafiadora. Assista ao trailer: 

"Abraço" faz uma leitura crítica do atual cenário político brasileiro quanto ao processo contínuo e permanente de abandono e desvalorização da educação pública e de seus profissionais. A produção do filme teve a participação especial de 600 professores que atuaram como figurantes ao lado de 80 atores profissionais. A música original foi composta por André Abujamra e Eron Guarnieri com participação especial de Chico Cesar e Orquestra Sinfônica do Estado de Sergipe.  

"O filme é uma produção surpreendente pela qualidade, enredo, fotografia e direção. É uma história contada num Estado do Nordeste brasileiro, mas é a realidade de toda a América Latina, das lutas sindicais. É a cara do continente", diz Fátima Silva, vice-presidente da IEAL e secretária geral da CNTE. 

A sessão de "Abraço" via Zoom marcada para o dia 8 de março vai contar com a participação de representantes dos 18 países da América Latina – os convidados são pessoas que estão à frente de organizações sindicais, do direito à educação e dos trabalhadores. "Essas pessoas serão difusoras do longa em seus respectivos países", explica Silva. Entre os nomes confirmados, estão Hugo Yaski, presidente da IEAL na Argentina, e Combertty Rodríguez, da IEAL da Costa Rica, além da própria Fátima Silva, vice-presidente da IEAL do Brasil, e DF Fiuza, diretor do filme. 

Além do lançamento para a América Latina no dia 8, haverá um lançamento para os demais países no dia 1º de maio – a ideia é promover novamente uma sessão virtual com a participação de convidados. "São duas datas importantes pra gente. Do ponto de vista técnico, a O2 Play é a distribuidora oficial do filme, mas a IEAL trabalha na difusão dele em sua rede, envolve as organizações de educação mundo afora e promove esse chamamento", pontua o diretor, DF Fiuza. 

No Brasil, "Abraço" pode ser assistido em plataformas digitais como iTunes, Apple TV+, Google Play, YouTube Filmes, Now, Vivo Play e Looke. O lançamento lá fora também será digital. 

Comentários

1 Comentário

  1. Avatar Edinalva da Silva Santos disse:

    O filme retrada a realodade brasileira sobre a valorização dos professores. Sua luta constante e o descaso do poder público por uma ensino digno e salário justo. MAIS DIGNIDADE E VALORIZAÇÃO DAQUELES QUE ENSINAM NOSSOS ALUNOS A PENSAREM CRITICAMENTE. TODA MUDANÇA COMEÇA COM EDUCAÇÃO.

Deixe o seu comentário!

© 1996-2021 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top