Publicidade
Início Newsletter (Tela Viva) Festival de Cinema Brasileiro de Paris exibe 30 filmes, divididos em cinco...

Festival de Cinema Brasileiro de Paris exibe 30 filmes, divididos em cinco mostras 

“Meu Nome é Gal” é um dos filmes da programação do Festival de Cinema Brasileiro de Paris (Foto: Stella Carvalho)

O Festival de Cinema Brasileiro de Paris é uma das principais vitrines da cultura brasileira na Europa. Este ano, o evento acontece entre os dias 26 de março e 2 de abril. Realizada pela Jangada, da carioca Katia Adler, a mostra terá Antônio Pitanga como o grande homenageado e, além de contar com a presença do ator, vai apresentar seis longas de sua filmografia – entre eles “Na Boca do Mundo”, primeira produção dirigida por ele; “Barravento”, de Glauber Rocha; e “Nosso Sonho”, o filme nacional mais visto de 2023. 

A edição deste ano exibirá 30 filmes, divididos em cinco mostras: Competitiva, Hors-concours, Documentários, Sessão Escolar e Homenagem a Antonio Pitanga. O festival também contará com o lançamento do livro “A Nudez da Cópia Imperfeita”, de Wagner Schwartz. 

Na mostra competitiva, serão apresentados oito longas de ficção que concorrem ao prêmio de Melhor Filme, escolhido pelo público. São eles: “Betânia”, de Marcelo Botta; “Sem Coração”, de Nara Normande e Tião; “Saudade Fez Morada Aqui Dentro”, de Haroldo Borges; “A Batalha da Rua Maria Antônia”, de Vera Egito; “Pérola”, de Murilo Benício; “Nosso Sonho”, de Eduardo Albergaria; “Pedágio”, de Carolina Markowicz; e “O Diabo na Rua, no Meio do Redemunho”, de Bia Lessa. 

Outras oito produções fazem parte da mostra hors-concours (fora de competição): “Propriedade”, de Daniel Bandeira; “A Paixão Segundo G.H.”, de Luiz Fernando Carvalho; ”Meu Nome é Gal”, de Lô Politi e Dandara Ferreira; “Levante”, de Lillah Halla; “A Falta que nos Move”, de Christiane Jatahy; “Mussum – O Filmis”, de Silvio Guindane; “Crowrã (A Flor do Buriti)”, de Renée Nader Messora e João Salaviza; e “Atiraram no Pianista”, de Fernando Trueba e Javier Mariscal. 

A mostra de documentários vai apresentar sete produções: “Nas Ondas de Dorival Caymmi”, de Locca Faria; “A Invenção do Outro”, de Bruno Jorge; “Utopia Tropical”, de João Amorim; “Chic Show”, de Emílio Domingos e Felipe Giuntini; “No Céu da Pátria Nesse Instante”, de Sandra Kogut; ”Sinfonia de Um Homem Comum”, de José Joffily; e “Madeleine à Paris”, de Liliane Mutti. 

Filmes exibidos na Sessão Escolar e na Mostra Antônio Pitanga completam a programação. 

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Sair da versão mobile