FOMENTO
22/03/2018, 18:55

Videocamp lança edital de US$ 400 mil para a produção de filme sobre educação inclusiva

POR REDAÇÃO

O VIDEOCAMP, plataforma digital de vídeos desenvolvida pelo Instituto Alana, lançou nessa semana, em evento na sede da ONU, um edital internacional de 400 mil dólares para patrocinar a produção de um filme que tenha a temática de "educação inclusiva". O edital destaca-se como um dos maiores do mundo voltados para filmes de impacto social, com patrocínio a uma única produção.

O Brasil é um dos países pioneiros na criação de legislação específica sobre educação inclusiva. No país, há uma ação, que se intensificou após a Convenção Internacional da ONU sobre os direitos das pessoas com deficiência, responsável pela inclusão de milhares de crianças que, anteriormente a ela, não frequentavam a escola regular. Apesar dos avanços, o tema ainda é sensível, por isso a iniciativa de tomar o tema para o edital.

Estão abertas as incrições para projetos de animação, ficção ou documentário dentro do universo da educação inclusiva. Os materiais devem ser enviados até o prazo máximo de 21 de junho.

No dia 1º de setembro, serão anunciados os cinco finalistas selecionados. E, então, o projeto vencedor será divulgado no dia 21 de setembro. A comissão julgadora é composta pela cineasta afro-americana premiada Yvonne Welbon (Chicken and Egg); por Raúl Niño Zambrano (Festival Internacional de Documentários de Amsterdã); Rosangela Berman-Bieler (Conselheira Global em Deficiência do UNICEF); Marcos Nisti (CEO do Alana); Paola Castillo (Chile Doc) e Cecilie Bolvinkel (EDN-European Doc Network).

O filme selecionado será adicionado ao catálogo gratuito da plataforma de filmes – até o momento, o VIDEOCAMP já promoveu mais de 19 mil exibições de conteúdos audiovisuais em mais de 90 países. As demais informações sobre o edital estão no site do programa.

Comentários

1 Comentário

  1. Avatar Nyna Ribeiro disse:

    Bomndia.
    Tenho um projeto que estreou no final do ano passado com deficientes visuais. É um projeto de musics, onde todos que tocam ou cantam sao deficientes visuais.
    Dou aulas de musica para os iniciantes e promovo espetaculos para osnque ja tocam ou cabtam.
    Fasemos acrobacias com lira e malha nas apresentacoes. É fantastico!
    Seria muito extraordinário produzir um filme sobre este tema.
    Sou produtora musical e ate tenho ideia de como fazer. Mas nao é minha area. Tem alguma regulamentação, uma sugestao de valores, etc?
    Faco isso com projetos de musica, mas, filme são outros valores. Me ajudem.
    Obrigada.
    Nyna Ribeiro.

Deixe o seu comentário!

© 1996-2019 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top