Política Setorial
22/04/2021, 17:06

Conselho Superior do Cinema tem novos nomes

A Secretaria Especial de Cultura do Ministério do Turismo publicou no último dia 20 a Portaria nº 29/2021, que designou os representantes do governo no Conselho Superior do Cinema (CSC). Há muito tempo o colegiado estava sem reuniões e sem nenhuma representação com mandato vigente. Essas nomeações podem representar uma reativação do colegiado.

Segundo apurou a Tela Viva, não há perspectiva de quando os representantes do setor do audiovisual serão nomeados. O último Decreto que dispõe sobre o Conselho Superior do Cinema diz que além do governo, o colegiado é composto por cinco representantes da indústria cinematográfica e videofonográfica nacional, que gozem de elevado conceito no seu campo de especialidade; e três representantes da sociedade, com destacada atuação em seu setor e interesse manifesto pelo desenvolvimento do cinema e do audiovisual brasileiros.

Para Lenardo Edde, presidente do Sindicato da Indústria Audiovisual (SICAV), é importante o retorno de nomes para o Conselho. "É muito importante que o Conselho volte a funcionar depois um bom tempo parado. Ano passado não tivemos nenhuma reunião e a última atividade dele foi ainda na época do ministro Onyx Lorenzoni. Espero que o Conselho seja representativo, especialmente contando com pessoas da indústria e do audiovisual brasileiro", disse o produtor audiovisual a TELA VIVA.

Vejam quem foi nomeado para o Conselho Superior do Cinema:

a) Ministério do Turismo, por meio da Secretaria Especial da Cultura, que o presidirá:
Titular: Mario Luis Frias, Secretário Especial da Cultura; e Suplente: Bruno Graça Melo Côrtes, Secretário Nacional do Audiovisual.

b) Casa Civil da Presidência da República:
Titular: Thiago Meirelles Fernandes Pereira, Secretário-Executivo Adjunto; e Suplente: João Paulo Machado Gonçalves, Diretor de Governança, Inovação e Conformidade.

c) Ministério da Justiça e Segurança Pública:
Titular: Cláudio de Castro Panoeiro, Secretário Nacional de Justiça; e Suplente: Luiz Alberto Matos dos Santos, Diretor do Departamento de Promoção de Políticas de Justiça.

d) Ministério das Relações Exteriores:
Titular: Paulino Franco de Carvalho, Secretário de Comunicação e Cultura; e Suplente: Paula Alves de Souza, Diretora do Departamento Cultural e Educacional.

e) Ministério da Economia:
Titular: Geanluca Lorezon, Secretário de Advocacia da Concorrência e Competitividade; e Suplente: Andrey Vilas Boas de Freitas, Subsecretário de Advocacia da Concorrência e Competitividade.

f) Ministério da Educação:
Titular: José de Castro Barreto Júnior, Secretário-Executivo Adjunto; e Suplente: Dilermando José da Silva, Diretor de Programas.

g) Ministério das Comunicações:
Titular: Maximiliano Salvadori Martinhão, Secretário de Radiodifusão; e Suplente: Nathalia Almeida de Souza Lobo, Diretora do Departamento de Políticas para Telecomunicações e Acompanhamento Regulatório.

h) Secretaria de Governo da Presidência da República:
Titular: Mario Fernandes, Secretário-Executivo Adjunto; e Suplente: Nilson Kazumi Nodiri, Assessor Especial da SEGOV, suplente.

Comentários

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

© 1996-2021 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top