Protagonizada por Liniker, "Manhãs de Setembro" estreia globalmente no Amazon Prime Video

Com cinco episódios de 30 minutos cada, a primeira temporada de "Manhãs de Setembro", nova série original nacional da Amazon, será lançada mundialmente nesta sexta-feira, dia 25 de junho, exclusivamente no Prime Video em mais de 240 territórios. 

"Manhãs de Setembro" conta a trajetória de Cassandra (Liniker), que começa a ver as coisas finalmente dando certo em sua vida: ela consegue alugar um apartamento próprio pela primeira vez, tem um namorado que a ama, Ivaldo (Thomás Aquino), além de um trabalho como motogirl no centro de São Paulo. Ela também está conseguindo realizar seu sonho de ser uma artista cover de Vanusa, famosa cantora dos anos 70, quando sua vida toma um rumo inesperado: Leide (Karine Teles), com quem ela teve um envolvimento no passado, aparece na porta de sua casa com Gersinho (Gustavo Coelho), que ela afirma ser filho de Cassandra. 

O elenco da série inclui ainda Paulo Miklos, Isabela Ordoñez, Clodd Dias, Gero Camilo e a cantora Linn da Quebrada em uma participação especial.  Com roteiro de Josefina Trotta, Alice Marcone e Marcelo Montenegro, a série é produzida por Andrea Barata Ribeiro e Bel Berlinck, da O2 Filmes, e dirigida por Luis Pinheiro e Dainara Toffoli, com a ideia original de Miguel de Almeida. Confira o trailer:

Trama de afeto, esperança e possibilidades 

"Essa série teve um destaque grande dentro da Amazon desde o início, quando ela surgiu, o que já tem mais de dois anos. O que mais me chama a atenção nela é a complexidade dos personagens, especialmente da Cassandra, cuja jornada é muito clara e específica. A gente fala muito que a especificidade e complexidade de cada personagem é o que faz uma série ter uma vida longa e uma boa aderência. E poder lançar neste momento uma série como essa, que fala tanto de aceitação e amor, é muito importante pra gente", disse Malu Miranda, head de conteúdo original para o Brasil do Amazon Studios, em coletiva de imprensa virtual. 

Em sua primeira experiência profissional como atriz, Liniker, que atua como cantora, afirmou que o que mais a atraiu no roteiro de "Manhãs de Setembro" foi a possibilidade de criar um imaginário real sobre uma pessoa trans tendo em vista o país e a realidade em que vivemos. "É uma personagem que se apresenta a partir da rede de afeto que ela tem – e essa foi uma das coisas que mais me emocionou na história. Cassandra tem relações humanas e sociais e não está nesse lugar engavetado que muitas narrativas colocam as pessoas trans, isto é, normalmente à margem, em situação de perigo ou de violência. Ver uma personagem trans que tem uma casa, relações e trabalho é muito importante", pontuou. A atriz e cantora ressaltou ainda a relevância de ter uma plataforma como a Amazon se responsabilizando com essas pautas. "É uma narrativa que não traz mais do mesmo e espero que seja a primeira de muitas em que essas personagens possam ser humanizadas e dignificadas enquanto humanas. A responsabilidade disso é de quem está à frente do audiovisual, das grandes produções, dos criadores das narrativas. Porque a nossa responsabilidade, por outro lado, é sobreviver", declarou. 

Josefina Trotta, chefe da sala de roteiro de "Manhãs de Setembro", reforçou: "Além de negra e trans, a protagonista é independente financeiramente e tem um relacionamento estável – isso é um diferencial em relação a outros tipos de representação trans no audiovisual. Essa série abre caminho para outras protagonistas da comunidade LGBTQIA+. Sou otimista sobre o futuro das séries no Brasil. Quando comecei a trabalhar aqui, por exemplo, o cenário era totalmente diferente. Hoje, as salas de roteiro já estão mais inclusivas. Há uma diversidade que há dez anos não havia". 

Nesse sentido, Malu Miranda ressaltou: "A Amazon está sempre buscando apoiar vozes que, às vezes, não têm espaço no audiovisual. Queremos amplificar essas vozes no mundo todo. E é uma questão que vai além; passa por quem a gente está empregando e como está empregando. Por exemplo, nós estamos priorizando que as dublagens da Cassandra sejam feitas por pessoas trans também. Temos que amplificar essas vozes em equipes, câmeras, figurinos, salas de roteiro. É um ecossistema completo". 

Alice Miranda, uma das roteiristas da série, também apresentou seu ponto de vista: "Eu, como uma mulher trans e preta, quando assisto a esse tipo de conteúdo aprendo que é possível ser quem eu sou. A gente já tem uma saúde mental tão complicada. Ter uma representatividade tão humanizada e pautada pelo afeto gera esperança – sentimento que a gente precisa muito enquanto sociedade nos dias de hoje. É criar inclusão, afeto, transformar o mundo a partir disso. Acredito no afeto como chave da nossa narrativa". No entanto, ela observa: "Acho que nós só vamos realmente falar sobre inclusão quando entendermos que transgeneridade, comunidade LGBTQIA+ e negros não são temas das produções. Quando vermos esses personagens em tramas que nada têm a ver com questões de transição, preconceito e racismo, por exemplo, aí sim teremos uma mudança. Ainda é necessário começar a entender que a diversidade de elenco e equipe em absolutamente todas as produções é estratégia criativa para gerar produtos inovadores. 'Manhãs de Setembro', por exemplo, é uma série sobre família e afeto, e não sobre uma personagem trans". 

Por fim, o diretor Luis Pinheiro também destacou que ter uma protagonista preta e trans nesse momento obscuro em que vivemos tem sua importância como resistência e como movimento a favor da cultura: "A primeira coisa que o presidente falou foi que ia filtrar nossos personagens. Mas no streaming, pelo menos, temos liberdade para falar sobre o que quisermos e criarmos personagens onde a gente valida o afeto. E isso é muito importante também". Pinheiro acrescenta: "'Manhãs de Setembro' é uma série que avança com a discussão. Não estamos falando da transição e dos preconceitos, e sim de formação de família, afeto, coisas que já estão inseridas na vida de Cassandra. Esse projeto nos contamina com esse ar de estar à frente do que estamos vivendo e pensando".  

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui