Publicidade
Início Newsletter (Pay-TV) Netflix divulga seu segundo relatório de engajamento com dados sobre a audiência...

Netflix divulga seu segundo relatório de engajamento com dados sobre a audiência da plataforma

(Foto: Divulgação)

Nesta quinta-feira, dia 23 de maio, a Netflix publicou a segunda edição do “O que assistimos: um relatório de engajamento da Netflix”, documento que captura dados sobre a audiência da plataforma, desta vez referente ao período de julho a dezembro de 2023, e que segundo o serviço, cobre 99% de todas as visualizações. O novo relatório traz quase 16 mil títulos, entre séries (6599) e filmes (9396). 

A empresa afirmou que, desde a introdução do primeiro relatório – divulgado em dezembro de 2023 – foram feitas melhorias importantes, adicionando tempo de execução e visualização (total de horas assistidas dividido pelo tempo de execução) e ainda separando os filmes das séries. Mais de 85% dos novos títulos da Netflix neste relatório também figuraram nas listas semanais de “Top 10” da plataforma. Na ocasião do lançamento do primeiro relatório, a própria Netflix alertou que o sucesso dos conteúdos dentro da plataforma vem em diferentes formas e tamanhos, e que não é determinado apenas pelas horas assistidas. Às vezes, tem conteúdo que repercute mais, mesmo com menos audiência. 

Histórias duradouras e adaptações 

O relatório revela que temporadas antigas de séries continuam engajando o público – especialmente quando uma nova leva de episódios é lançada. As três primeiras partes de “Lupin”, por exemplo, geraram quase 100 milhões de visualizações no segundo semestre de 2023. Outras séries com diversas temporadas que tiveram lançamentos de continuações recentemente e performaram bem no serviço são “The Witcher”, com 76 milhões de visualizações; “Virgin River”, com 69; “The Crown”, com 50; “Doces Magnólias”, com 35; “Top Boy”, com 26; “Heartstopper”, com 24; e a brasileira “Sintonia”, que acumula 20 milhões de visualizações na soma das quatro temporadas.

Além disso, os chamados pela plataforma de seus “três maiores títulos de todos os tempos” – “Wandinha”, “Alerta Vermelho” e “Round 6” – continuaram a atrair milhões de visualizações em 2023, muito depois de suas estreias. Só no período, eles acumularam 98, 62 e 25 milhões de visualizações, respectivamente. 

Pelo documento, é possível notar ainda que novas adaptações impulsionam visualizações significativas de séries anteriores: “One Piece” (72M de visualizações), série de TV live-action, mais do que dobrou a visualização do filme e da série de anime, e o reality show “Round Six: O Desafio” (33M) aumentou a visualização da série de ficção “Round 6” em 34% – três anos após a estreia. 

Popularidade de produções de língua não-inglesa 

As séries e filmes de língua não-inglesa seguem muito populares entre o público ao redor do mundo, representando quase um terço de todas as visualizações. Produções em coreano, espanhol e japonês receberam a maior parte das visualizações fora do idioma inglês, com 9%, 7% e 5% das visualizações, respectivamente. Entre os destaques, “Criança Querida”, da Alemanha, com 53 milhões de visualizações; “Amor Esquecido”, da Polônia, com 42 milhões de visualizações; e “Pacto de Silêncio”, do México, com 21 milhões. Vale citar novamente a brasileira “Sintonia”, que soma 20 milhões de visualizações

Esportes, reality show e conteúdo infantil 

No segundo semestre de 2023, as pessoas assistiram a 90 bilhões de horas de Netflix – e 183 bilhões quando considerado o ano inteiro. Os títulos mais assistidos vieram de uma variedade de gêneros, como drama, infantil, comédia e ação. Conteúdos relacionados ao universo esportivo tornaram-se mais populares, acumulando um total de 184 milhões de visualizações, incluindo aqui títulos como “Beckham”, com 44 milhões de visualizações; “Untold: Johnny Football”, com 14 milhões; “O Mergulho Mais Profundo”, também com 14 milhões; e “Quarterback”, com 13 milhões.

Programas de realities como “Isso é bolo?” (21M), “Casamento às Cegas” (20M) e “O Ultimato: Ou Casa ou Vaza” (12M) são amplamente assistidos e comentados, junto de docusséries como “Nosso Planeta” (19M) e “Segunda Guerra Mundial: Na Linha de Frente” (13M). E produções para crianças e família representaram mais de 15% de todas as visualizações, com títulos como “A Casa da Gabby” (90M), “Trocados” (62M) e “O Rei Macaco” (43M) entre os destaques.

Títulos licenciados 

Por fim, os conteúdos licenciados pela plataforma continuam muito populares, e têm representantes de diversos gêneros. Entre os destaques, séries como “Young Sheldon”, que gerou 88 milhões de visualizações; “Grey’s Anatomy”, com 51 milhões; “Gossip Girl”, com 49 milhões; e “Gilmore Girls”, com 45 milhões. A série “Suits”, sozinha, teve 144 milhões de visualizações nas nove temporadas no segundo semestre de 2023. A primeira temporada da produção, que é de 2011, figura em 21º lugar na lista dos mais vistos da Netflix no período analisado. 

O relatório está disponível aqui

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Sair da versão mobile