Publicidade
Início Newsletter (Tela Viva) “Cidade Correria – Um Bando de Artistas” estreia no Circuito Spcine

“Cidade Correria – Um Bando de Artistas” estreia no Circuito Spcine

Escrito e dirigido pela cineasta Juliana Vicente, idealizadora da Preta Portê Filmes, e co-dirigido por Washington Deoli, o documentário “Cidade Correria – Um Bando de Artistas” estreia em São Paulo com exibições gratuitas no Circuito Spcine nesta semana. 

O longa-metragem acompanha o processo de criação do grupo teatral Bonobando, coletivo carioca que une diretores e criadores experientes a jovens atores em construção. Esta transposição do palco para as telas do cinema possibilita uma ampliação das vozes desses artistas revolucionários, que se revelam em cena por meio de entrevistas que convidam o espectador a acompanhar um fio condutor de vivências pessoais e relatos ficcionalizados. 

A formação de jovens atores, questionamentos sobre a nossa sociedade, o direito de se ocupar todos os lugares, o bom humor, a importância da arte em diversos espaços e o reflexo de diferentes perspectivas sobre a cidade do Rio de Janeiro ganham destaque na narrativa durante os mais de 80 minutos de projeção. O elenco numeroso traz nomes como Daniela Joyce, Hugo Bernardo, Igor da Silva, Jardila Baptista, Karla Suarez, Livia Laso, Marcelo Magano, Patrick Sonata, Thiago Rosa, Vanessa Rocha, Adriana Schneider e Lucas Oradovschi. 

A ideia de levar a obra do grupo teatral Bonobando para o cinema surgiu de uma inquietação da realizadora Juliana Vicente quando teve contato com o espetáculo em 2014: “Assisti à peça em sua estreia na Arena Dicró, na Penha, e fui completamente arrebatada por esta montagem realizada por um coletivo de pessoas de diferentes espaços da cidade, na convergência da diversidade e complexidade dos pontos de vista. Mesmo sem conhecer os atores em cena, pedi para compreender esse processo que os levou àquela obra que tanto me tocou. Tinha certeza que havia ali algo que deveria investigar mais a fundo, então pedi para entrevistá-los muito mais como registro e forma de compreender um caminho”, explica Juliana.

O resultado dessa conversa foi visto pela primeira vez em outubro de 2020, quando o documentário “Cidade Correria – Um Bando de Artistas” foi apresentado pela primeira vez na edição online do do Encontro de Cinema Negro Zózimo Bulbul – Brasil, África, Caribe e Outras Diásporas, no Rio de Janeiro, em 2020. Desde então, o longa foi exibido no 5º Festival de Cinema de Petrópolis e na 7ª Mostra de Cinema de Gostoso, no Rio Grande do Norte.  

O documentário integrou ainda a programação da 6ª edição do MEXE – Encontro Internacional de Arte e Comunidade, que aconteceu nos meses de setembro e outubro de 2021 nas cidades de Lisboa e do Porto, em Portugal. “Cidade Correria –  Um Bando de Artistas” chega agora às salas do Circuito Spcine. 

Há sessões nos seguintes locais: Centro de Formação Cultural da Cidade Tiradentes; CEU Meninos; CEU Vila Atlântica e CEU Perus. 

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Sair da versão mobile